Barrinhas de coco e manga e ai vem a primavera

8 Comments

great dixter-1 barrinhas de coco e manga-6Quando fiz esta receita pela primeira vez, a fiz pensando que seria ótimo recriá-la em um dia em que estivesse me preparando para um passeio. Não passo mais tanto tempo quando gostaria fazendo caminhadas.  Preciso mudar isto. E estou me planejando para ter uma primavera e verão mais ao ar livre. Devidos cuidados com relação à minha ‘hay fever’, a alergia causada por pólen são necessários. E em um dia de grandes caminhadas, tipo 10 a 12 milhas, é sempre  bom levar água, nozes, frutas, assim com um ‘agrado’ ao estômago. Algo para se comer em uma das vezes em que se para durante o percurso. Em que se para para apreciar a paisagem, para curtir o sol, até só para bater papo e recarregar o corpo. E esta barrinha se encaixa no menu de um desses dias. Ela é prática de fazer. As barrinhas se encaixam fácil em uma vasilha de fácil transporte, tipo tupperware.

Mexi na idéia da receita original. E ela virou minha.  Tem jeitinho brasileiro com o coco presente. Graças aos portugueses que levaram a planta pro Brasil no século 16,  hoje em dia ela se espalhou pelo nordeste. E devido à sua concentração maior na Bahia, tem um saborzinho baiano. O coco desidratado que compro aqui e que usei para esta receita é coco desidratado sem açúcar – não se tem muitas variedades além do doce e do sem doce.  No Brasil se tem aparentemente uma variedade grande de marcas de coco desidratado. Não sei se todas se encontram em toda parte. Mas pelo que li em um artigo no ano passado, recomendaria usar uma das que não tem açúcar e pouco ou nenhum aditivo: Sococo, Coco do Vale, Dr Oetker ou o Zanotti que é 100% puro e sem adição de açúcar.  Porém parece ser um pouco rançoso. Não se esqueça de que o coco ralado tem que ser bom, pois ele é o dono da festa. A manga é simples coadjuvante, e explode na boca aqui e ali.

barrinhas de manga e coco-3 great dixter-3A manga eu piquei em pedaços como cubos pois assim vai se misturar melhor à massa. E apesar de não ser anfitriã da receita, deve fazer papel bonito. Achei bem interessante cozinhar a manga em uma calda com gengibre para infiltrar um pouco o sabor do gengibre. As mangas devem ser maduras, mas firmes. Receita perfeita para quando a fruta esta na estação, e se quer aproveitá-la de várias formas.

Nem toda receita de bolo faz o chão tremer. É meio como gente. Tem estrelas,  e coadjuvantes. Mas todas tem seu lugar, e  satisfazem a paladares variados. Tem gente que gosta de bolos mais simples, de sabores suaves. Outras pessoas adoram os imponentes, os bolos perua que tem mais enfeite que qualquer outra coisa. Na minha opinião estas barrinhas de manga e coco são do estilo discreto,  favorecem o coco baianinho.  A manga tem que  estar na sua melhor forma para brilhar, caso contrário ela sera uma coadjuvante mediocre.
barrinhas de manga e coco-1 great dixter-4Infelizmente não as fiz novamente quando fui fazer um passeio à propriedade de Great Dixter com minha amiga K. Falta de organização da minha parte. Oportunidade perdida. Principalmente porque em meio a tanta chuva nós conseguimos dar a sorte de um domingo seco, de céu azul.  Ao chegar lá nos deparamos com sinais prematuros da primavera. E também sinais de que o tempo ruim passou por aqui, arrancando até árvores adultas pela raiz. A primavera só deve chegar oficialmente no dia 21 de março, mas os jardins de Great Dixter estavam lindos, cheios de florzinhas coloridas, todas colocando um sorriso no rosto da gente. E sinal de que cruzando os dedos teremos dias melhores muito em breve. Chega de tanta chuva e miséria. E apesar das árvores ainda estarem nuas, os galhos estavam cheios de iminentes brotos. Cada cantinho do jardim nos mostrava coisas novas. E se tivesse levado as barrinhas na bolsa podíamos ter nos sentado e saboreado umas barrinhas enquanto curtíamos o sol. Na hora em que descobrimos que a cafeteria de Great Dixter não estava aberta fiquei ainda mais desapontada com a minha falta de organização.  Divido aqui a receita. Será que se você fizer vai gostar dos sabores??
barrinhas de coco e manga-4

Vou colocar aqui as medidas que usei para a calda: 1 xícara medidora de açúcar e ⅓ xícara medidora de água. Acho que esta é a melhor proporção para fazer calda.

Ingredients:

Instructions:

Pre-aqueça o forno – 180oC. Caso você tenha um forno com uma espécie de ventilador dentro, a temperatura deve ser 160oC. Unte uma forma retangular de 20 x 30, de uns 5 cm de profundidade. Forre com papel manteiga no fundo e nas laterais também. Reserve.

Prepare a calda de açúcar, e quando o açúcar estiver dissolvido coloque o gengibre e a manga. Deixe no fogo médio/baixo até que a manga fique macia. O tempo vai depender  da manga usada e quão firme ela estiver. Desligue o fogo e deixe esfriar.

Separe todos os outros ingredientes. Bata a manteiga e açúcar até ficar com uma mistura cremosa. Bata os ovos um por um, batendo bem entre cada adição. Se assegure de que a mistura no fundo da tigela seja raspada e misturada bem ao resto da massa. Uma vez que esta mistura esteja bem uniforme, acrescente a farinha e o coco usando uma espátula. Seja delicado(a) ao misturar estes ingredientes. Por fim intercale os pedaços de manga e iogurte   à massa, delicadamente, em partes – não tudo de uma vez.

Transfira a massa para a assadeira, espalhe uniformemente e leve ao forno por uns 25 minutos. Faça o teste do palito e retire do forno se o palito sair seco. O bolo por cima vai ficar dourado.

8 Comments
  • Carmo

    Responder

    Oi Valentina, pode dizer qual a quantidade de água para fazer a calda? Não quero improvisar e estragar o resultado. Obrigada.

    • valentinajacome

      Oi Carmo, as quantidades estão na introdução da receita. Desculpe a demora a responder.

  • Naty Barata

    Responder

    A cor é de uma Primavera exuberante. Adoro Manga e Bolos com coco são deliciosos. Por Aqui o coco desidratado é de boa qualidade.
    Bem haja pela partilha.

    • valentinajacome

      Naty, a primavera me renova e me faz sentir como se pudesse fazer de tudo.Nao aguento mais a espera.

  • Silvia

    Responder

    As fotos de suas barrinhas ficaram tão lindas e deixou-as apetitosas. Eu as farei, com certeza. Obrigada por dividir essas coisas tão boas comigo.

    • valentinajacome

      Eh um prazer Silvia.

  • sylvia @bascooking

    Responder

    Delicia de barrinhas, bem tropicais,e a primavera e a minha estaçao preferid do ano.Bemvinda seja!!!

    • valentinajacome

      Sylvia, estou contando no relógio quase.

Leave a Comment