Vindaloo de porco

10 Comments

Quando se fala em vindaloo aqui na Grã Bretanha o mesmo é sinônimo de um prato bem apimentado. Eu mesma já pedi um prato de vindaloo num restaurante indiano e praticamente chorei de tão ardido.

O vindaloo é também chamado de vindalho. É muito popular na região de Goa para onde foi levado pelos portugueses. Tradicionalmente era servido em grandes ocasiões. A carne usada por tradição era de porco, e no preparo se punha a mesma de molho em vindalho ( vinho tinto e alho – tá certo Elvira?). Com o passar dos tempos o prato recebeu o tratamento local de Goa e passou a levar especiarias e pimenta no seu preparo.

As batatas que uso neste vindaloo aqui não são tradicionais. Os elementos tradicionais que uso nesta receita são o porco, o vinagre, o alho e a pimenta. Diminua a quantidade recomendade caso você não goste de pratos ‘quentes’.

Vindaloo de porco

1kd de perna de porco desossada, cortada em cubos de tamanho de médio para pequeno ( uns 3 cm para os que querem mais precisão)

4 colheres de sopa de óleo vegetal – costumo usar de amendoim

2 cebolas rojas picadas em rodelas bem fininhas

3 batatas médias, descascadas e cortadas em cubos dos tamanhos dos pedaços da carne

1 colher de sopa de iogurte natural de boa qualidade ( ou do tipo grego)

Uma mão cheia e generosa de ramos de coentro para decorar e perfumar

2 pimentas vermelhas, cortadas ao meio, para decorar

Para a marinada Masala:

6-8 pimentas dedo de moça cortadas ao meio e sem sementes

1 cabeça de alho descascada e com os dentes todos separados

1 colher de chá de semente de cominho

1 colher de chá de pimenta do reino em grão

¼ colher de chá de cravo ) ‘so usei 1

¼ colher de chá de tomilho

4 colheres de sopa de vinagre de Cidra

Primeiro prepare a marinada de Masala:

Ponha a pimenta seca numa cumbuqinha e acrescente 50ml de água quente. Deixe de molho por uns 5 minutos.

Enquanto isso esquente uma frigideira de fundo pesado e quando estiver quente jogue os dentes de alho.Mexa por 1 minuto até que comecem a ficar dourados – não queimados. Transfira-os para um pilão ou moedor de temperos.

Volte às pimentas, retire da água, reservando o líquido, corte cada uma ao meio e retire as sementes. Pique-as grosseiramente e ponha no moedor.

Ponha o comino, o cravo e a pimenta do reino numa frigideira quente rapidinho. Quando começarem a pular e a exalar um cheirinho delicioso de especiarias retire. Transfira tudo para o mesmo moedor aonde esta o alho e por fim coloque a Cidra. Bata tudo bem até ficar com uma pasta cremosa.

Ponha a carne de porco numa vasilha e jogue toda a marinada por cima dela. Com o auxílio de um par de luvas lambuze a carne bem com a marinada. Reserve.

Após 15 minutos esquente um pouco de óleo numa frigideira sobre fogo médio. Acrescente as cebolas e refogue bem por uns 10 min ou até que fiquem douradas e macias. Depois acrescente o porco e marinadae cozinhe, mexendo sem parar, por uns 15 minutos. Ou até que a carne fique dourada. Nada de carne pálida. Ponha as batatas na panela, mexa um pouco; acrescente uns 300ml de água, ou só o suficiente para cobrir a carne, e cubra a panela. Deixe cozinhar em fogo baixo por uns 40 minutos, até que a carne fique bem macia. Na hora de servir retire do fogo e acrescente o iogurte e coentro, mexa. Decore com as pimentas. Prepare a boca pois é bem apimentado.

Aconselho a ter uma tigelinha com iogurte e pepino picadinho dentro ao seu lado e quando o ardido ficar barra pesada, dê uma colheradinha neste grande alívio.

Tomei um lassi de limão no final para aliviar. Tem detalhes deste lassi no post anterior.

10 Comments
  • Marcia

    Responder

    Comida assim fora da India eu adoro. O difícil fica comer lá, quando a gente não pode pedir menos quente. Em 40 dias que passei por lá emagreci tudo o que precisava e o que não tb. Mas continuo fã destas comidas (com o quente regulado).Linda foto.Bj

  • Cris

    Responder

    Eu gosto de pimenta até certo ponto, então o iogurte com pepino é para isto… olha eu não sabia! Valentina, me diga uma coisa, pode ser pernil ou lombo nesta receita? Bjs!

  • bia

    Responder

    esta apetitoso, adoro pimenta ! bjs

  • Agdah

    Responder

    Minha mãe diz que pimenta só é boa quando faz a gente chorar…

  • paulo pacheco

    Responder

    Essa do vinhad’alho ser indiana é que fiquei pasmo. realmente o mundo é pequeno.Aqui nos açores a vinhad’alho é muito usada, inclusive na carne de vaca também.Eu uso bem simples com um lombo de porco: alho; louro; vinho; pimenta moida (várias) ou pouco de porto e sal. deixo marinar a carne aí por 24 horas no frio e depois é só assar.. uma maravilha

  • laila

    Responder

    ai q delicia! volto aqui e só encontro coisa boa, andava meio ocupada, mal cuido do blog tadinho…mas adorei seus ultimos posts o dos dimsums está bárbaro, uma aula e tanto e quanto o congelamento da quiche, eu sempre faço e congelo metade, assim tenho um coringa no congelador, é só embalar bem e descongelar direto no forno em fogo baixinho! beijos

  • receitinhas da belinhagulosinha

    Responder

    k linda foto logo o comerzinho só pode ser uma delicia…bjokas

  • semente de sésamo

    Responder

    A foto está linda and so does the meat! Está muito certa em relação à vinha d’alhos

  • Romy

    Responder

    Adoro esse tipo de carne bem condimentada… é uma tentação 😉

  • Eliana Scaramal

    Responder

    Val, aqui adoramos comida apimentada! 🙂 Mas quero falar que sua foto está um luxo! É folha de bananeira no fundo?! Um luxo amiga!A receita uma maravilha! 🙂

Leave a Comment