Torta de damascos com gengibre cristalizado – segunda parte da trilogia

2 Comments

Comer com as estações é a coisa mais óbvia de se fazer. É barato pela abundância do produto e é saboroso, pois tudo está no seu melhor estado. Como comentei anteriormente este ano recebi a melhor safra de damascos que lembro. E esta é a segunda de uma trilogia que estou dividindo aqui. O forte aqui em casa este ano foram as tortas. Apesar de gostar de fazer tortas pequenas mais do que tortas grandes, na segunda vez em que fiz esta receita fiz uma torta grande, de 23 cm. Os damascos que usei aqui eram grandes e ficariam um pouco estranhos na forma pequena.

Esta receita é bem prática e versatil. Pode ser feita com pêssegos ou ameixas frescas no lugar de damascos. Só dará um pouco mais de trabalho caso você faça a sua própria massa folhada. Mas você pode  usar massa pronta. Confesso que desde que descobri a receita prática de massa folhada do Michel Roux não compro mais massa folhada pronta. Prefiro mil vezes a caseira. A receita do Michel Roux está neste post aqui –  tem vídeo também. Os sabores são ótimos. Esta torta é deliciosa.

Tortinhas de damascos com gengibre cristalizado

Receita da revista Food and Travel

Para a massa da torta:

Use qualquer massa de torta folhada que você tenha

Para o recheio: Ingredientes:

  • 40 g (80 g) de manteiga
  • 40 g (80 g) de açúcar refinado
  • 40 g (80 g) de amêndoas moídas
  • 1 gema batida
  • ½ colher de sopa de farinha de trigo
  • Gengibre cristalizado picado em pedaços
  • Pitada de sal

forma torta de fundo removível – 23 cm

Preparo: Da massa: Pré-aqueça o forno – 190oC. Abra a massa e forre a sua  forma, fazendo furos no fundo. Leve à geladeira por uns 20 min.

Do recheio: Corte os damascos ao meio e retire as sementes. Reserve – gosto de deixá-los na geladeira até precisar deles. Bata a manteiga, açúcar. Amêndoas e gema até ficar com uma mistura homogênea. Acrescente a farinha de trigo e uma pitada de sal e misture mais para encorporar estes novos ingredientes. Retire a forma da geladeira e espalhe a mistura de farinha de amêndoas no fundo dela  no máximo ¾ da profundidade da forma. Espalhe pedaços de gengibre cristalizados pela massa. Pegue os damascos e decore a torta com eles – inteiros (neste caso ponha a parte redonda para cima) ou da forma que você preferir. Bata um ovo pequeno com um pouco de leite e pincele a massa . Asse por uns 20-25 minutos. Retire do forno, deixe esfriar e sirva. Sirva salpicado de lascas de amêndoas levemente tostadas.

2 Comments
  • Laranjinha

    Responder

    A tarte parece-me deliciosa. O sabor do gengibre com os damascos devem ficar excelente. As fotos, como sempre, magníficas. É sempre um prazer passar por aqui.
    Um beijinho.

    • Trembom

      Muita gentilza sua dizer isto. Quanto a torta, ‘e realmente muito boa. Estou querendo usar o gengibre em calda picado em pedacinhos em uma proxima oprotunidade.E quero tamb’em tentar com ameixas frescas.

Leave a Comment