Torta de cerejas – Bakewell de cerejas

9 Comments

bakewell de cerejas-7Ao sair da M25 já me sinto no interior. A estrada estreita, árvores de todos os lados. O céu muda conosco, indo de parcialmente nublado para claro e depois para céu azul. Quando o plano é colher cerejas, ninguém quer chuva. Sol combinará melhor. Sol também combina com passeios e desejo de ficar ao ar livre. Desde que adotei a minha cerejeira tenho esperado por este momento, o momento da colheita.

Acho-me uma pessoa razoavelmente bem informada, mas não sabia que encontraria tantas plantaçōes de cereja em Kent. Se você olhar o mapa que coloquei aqui no post, o ponto A é onde vivo. Guildford fica em Surrey. A minha cerejeira adotada se encontra no ponto B, em East Sussex. Para ir de A a B tenho que passar por Kent. Kent é uma região conhecida como o jardim da Inglaterra, e onde se encontram muitos pomares. De uns 50 anos para cá quente tem perdido 85% de seus pomares. E li que de todas as frutas, a perca maior tem sido a das cerejeiras.

Eu e minha amiga K. ficamos enamoradas de várias barraquinhas que vimos na estrada, mas marcamos uma para parar na volta. A grande maioria das que vimos tinham cerejas em abundância. Mas isto não queriamos pois afinal estavamos indo colhê-las. A barraquinha que vimos tinham outras frutas e produtos. E paramos nela na volta. Compramos gooseberries, biscoitos caseiros, fudge caseiro, milho e suco de maça fresco.  Vimos que eles tinham uma pequena plantação de flores e fiquei imaginando se às vezes as vendem na barraca também.
bakewell de cerejas-6Ao chegar no pomar me identifiquei e fomos levadas à minha cerejeira. A moça que nos levou à nossa àrvore abriu uma passagem pois as fileiras do pomar säo revestidas com uma tela que ê colocada assim que as flores caem das árvores, e quando começa o período de desenvolvimento dos frutos e . Esta tela é para proteger as àrvores de pombos e aves  – os pombos podem destruir as àrvores, e os passáros comem as frutas. A árvore estava carregada. Havia outras pessoas colhendo suas cerejas de suas árvores também. Familias, casais jovens. amigos. Aonde se via gente o ambiente era festivo Muito agradável. As crianças corriam para lá e para cá. 

bakewell de cerejas-5Ataquei a cerejeira  de um lado e K do outro. Sem sombra de dúvidas comemos e colhemos muitas cerejas . E por pura gula ficamos também de olho em outras cerejeiras nas cercanias da nossa. Frutas tão bonitas e saborosas são irresistíveis. As cerejas estavam excelentes. Super firmes, carnudas e bem doces. Deliciosas!!!! Voltamos pra casa carregadas. Cada uma com uma sacola cheia. E agora haja imaginação para se utilizar as cerejas antes que passem do ponto.
rentacherryA lista é grande. Mas até hoje só consegui fazer e fotograr uma receita a base de cerejas. Tenho chegado em casa exausta sempre às nove da noite. Vou atualizar os meus textos e espero dividir mais receitas em breve. Para escolher esta receita que coloque aqui cocei a cabeça um pouco. Queria algo tão tradicional quanto eram as cerejeiras em Kent há uns 50 anos. Algo saboroso e que também me permitisse apresentar as cerejas em toda a sua formosura. Me veio então à cabeça: bakewell tart – torta bakewell.

A torta bakewell é tradicionalmente com geléia de amoras. E amêndoas. Extremamente saborosa e a favorita de muita gente. Vamos então vesti-la com cara de Kent. Manteve-se a fundação da receita original, e pincelei a base com geléia de damascos. E acrescentou-se as cerejas. Minhas enormes cerejas. Lindas, doces e carnudas.
bakewell de cerejas-2
bakewell de cerejas-1

A receita é de um dos jornais the domingo – The Times

Você pode usar a receita de base que quizer. Normalmente todo mundo tem uma favorita. Testei a que veio na receita.

Ingredients:

Para a torta

Para o recheio

Instructions:

* coloque uma gema primeiro, e se necessário acrescente o segunda.

Para a massa:

Coloque a farinha de trigo, o açúcar de confeiteiro e a manteiga em um processador. Processe pulsando e quando começar a querer se unir ponha 1 gema no processador. Continue pulsando até ficar com uma mistura meio mole. Caso a mistura fique ainda meio seca, acrescente a 2a gema e pulse mais um pouco.  Retire a massa do processador e transfira para um pedaço médio de papel filme. Cubra e achate bem. Leve à geladeira e deixe descansar por uma hora aproximadamente.

Forre uma superfície com um pouco de farinha de trigo e ponha a massa em cima. Abra com um rolo e forre a forma. Leve à geladeira por uns 30 minutos. Não menos. Assim que colocar a forma na geladeira ligue o forno – 1800C.

Para o recheio:

Coloque as ameêndoas no processador e processe até ficar com uma mistura como farinha de pão – com textura, e não bem fininha. Coloque a manteiga e açúcar no processador ou batedeira e bata até ficar com uma mistura cremosa. Jogue as sementes da baunilha no processador/batedeira e bata mais um pouco para incorporá-las à mistura da manteiga.. Jogue os ovos dentro da mistura, seguido das amêndoas. Transfira a mistura para a forma com a massa e espalhe igualmente. Distribua as cerejas igualmente pela massa.

Ponha a forma no forno e asse por algo entre 30 a 35 minutos. A mistura deve ficar dourada. Faça o teste do palito. Retire do forno e deixe esfriar na forma completamente antes de servir.

 

9 Comments
  • Plantas do Brasil

    Responder

    Olá,

    Estou entrando em contato para anunciar meu novo livro:
    PLANTAS DO BRASIL – ESPÉCIES ORNAMENTAIS Vol.1

    Trata-se de um Guia Detalhado para Identificação e Cultivo de Plantas Ornamentais no Brasil.

    Mais informações acesse:
    http://plantasdobrasil.net/especies-ornamentais-vol1

    Um abraço!
    Att.,
    Daniel Saueressig
    O autor
    Projeto Plantas do Brasil

    000607

  • Patricia Scarpin

    Responder

    Adorei saber das suas cerejas, havia tempo que não falávamos sobre isso, amiga. Que delícia de passeio, não? Vcs devem ter se divertido muito!

    Adoro bakewell tart e a idéia de adicionar cerejas é ótima.

    • valentinajacome

      O passeio foi ótimo. Me mande pro mato e estou feliz. A minha amiga K é ótima companhia também,então é meio que uma fórmula que não tem como dar errada. Bakewells são clássicos. Esta tem um leve twist – ou dois, mas nada que fere a esseência.

  • Silvia

    Responder

    Olá Valentina. Acompanho seu blog desde uma publicação que vi chamada “Cupcakes do Trem Bom”. Apaixonei-me pelo seu jeito de escrever, pelas suas histórias e por suas receitas. Adoro essa cozinha inglesa que vc me apresenta. Obrigada por partilhar tudo isso comigo.
    Fiquei tão intrigada com essa história de adotar uma cerejeira…Gostaria de ver algumas fotos dessa linda árvore. Aqui no Brasil eu nunca tive essa felicidade de poder ver e colher cerejas no pé.
    Beijos.

    • valentinajacome

      Silvia, você já está com as fotos, mas agora tem que organizar para ver uma ao vivo. Obrigada pela mensagem carinhosa. Fico feliz que vc gosto de ler minhas histórias.

  • Marcia

    Responder

    Olá Valentina, este é meu primeiro contato, acho que o trabalho , as fotografias, o que nos ensina ou conta , inclusive algumas particularidades pessoais, são maravilhosos. agradeço muito por dividi-los conosco!!!
    Fiquei triste pois esperava uma fotografia de sua arvore, lá cheinha de cerejas, pra nós babarmos, de qualquer maneira agradeço pelas fotos e receitas postadas .

    Muito Grata, felicidades

    • valentinajacome

      Oi Marcia, que mensagem gostosa. Obrigada. Ah, vou te mandar no email umas duas fotos.infelizmente no frisson de colher as cerejas e comê-las tambem , tiramos pouquissimas fotos. Obrigada por prestigiar o trembom. Na minha luta total contra a falta de tempo, mesnagens como a tua me fazem continuar lutando para fazer um post mesmo que de vez em quando.Um bom domingo para ti.

  • Naty Barata

    Responder

    Deve ser excelente ao paladar, mas para mim
    tem gordura a mais são 375gr de manteiga,são
    cerca de 40gr. de gordura. Bom, mas deve ser
    deliciosa. Obrigada pela partilha da experiência. Fiquei triste por saber que os pomares estão a desaparecer. Porquê??

    • valentinajacome

      Oi Naty, a base da massa leva 175g. Vc pode usar a receita de massa que quiser. Normalmente todo mundo tem a sua propria receita. Agora o recheio leva 200g, e foi a medida certa na minha opiniao. Vc pode tentar reduzir a quantia.Pelo que tenho lido grande parte do desaparecimento de seu em grande parte devido à urbanizacao de certas regiões.Mas não tenho lido ainda muito sobre isso para te dar uma resposta precisa. Uma boa coisa eé que em outras regioões se tem feito um imenso esforço para se recuperar um pouco desta perda.

Leave a Comment