Slice de frutas silvestres

9 Comments

Ás vezes chega o fim de semana e passo o sábado ou domingo em casa. Ou fico na cozinha, experimentando coisas novas, ou fico lendo o que não tenho tempo de ler durante a semana. Poderia passar um dia inteiro só assando bolos, cozinhando, lendo os livros que estão ‘começados’ mas que pareço nunca ter tempo de chegar ao fim. O prazer de fazer uma receita nova , de experimentar algo nunca feito antes, mesmo que simples, é indescritível. Sempre que entro na cozinha quer o fazer algo melhor do que o que fiz na última vez. Quero proporcionar a quem for comer, mesmo que seja só eu, uma ótima refeição.

É claro que com isso vem também muitas vezes a decepção das receitas que não são bem como queríamos ou esperávamos, ou das que queimam, dos bolos que solam, do molho da salada que fica muito ácido, ou que não realça nada. Só que tudo isso faz parte do aprendizado. E não há atalho para experiência, conhecimento acumulado. Apesar da dor e tristeza de uma empreitada mal sucedida, são elas que me permitem assar bons bolos, preparar uma excelente salada, criar uma nova sopa, preparar uma boa torta. Quando estou na cozinha fazendo bolos e semelhantes, fico num estado de total concentração. Mergulho no que estou fazendo, por menor que seja a tarefa. Seja o ponto das claras, os ovos batidos com a manteiga, tudo tem que ser observado.
Este slice foi feito num destes dias em que parece que as leis da natureza culinária estão contra você. Não foi um dos dias de mais sucesso na cozinha. Não tinha duas folhas de massa folhada pois achava que uma só seria suficiente. Então usei uma de massa folhada e outra de massa normal. O meu freezer tem gavetas pequenas, então não pude colocar a minha massa lá como pede a receita. Tive que colocá-la na geladeira com duas peças de gelo seco por cima. Pode parecer tolice mas já perdi um pouco o entusiasmo da receita com estes contratempos. Entretanto fiz tudo, até o final. E a receita é agradável. Não é das receitas que fazem o mundo tremer debaixo dos seus pés. Mas é daquelas receitas que agradam, receitas modestas e que agradam. O azedinho das frutas silvestres dão um ótimo contraste à massa. A receita original pedia massa doce mas como usei massa pronta, por aqui não acho massa pronta doce muito facilmente.

Os ovos usados são dos grandes. Um da quase 60g se pesado.Ingredientes:

  • 2 folhas de massa folhada
  • 3 ovos
  • ½ xícara(110g) açúcar
  • ½ xícara(75g) farinha de trigo com açúcar ( ou farinha normal mais ½ colher chá fermento para bolo)
  • 1 ½ xícara(225g) frutas congeladas
  • 1 clara, levemente batida
  • 1 colher de sopa de açúcar – para salpicar por cima da segunda folha de massa
  • 1 colher de sopa de açúcar de confeiteiro

Preparo:
Pre-aqueça o forno – 220oC. Unte uma assadeira de 25cmX30cm das rasas – tipo das que se usa para assar rocambole. Reserve.

Abra uma das folhas de massa e forre a assadeira, tomando cuidado para que a massa suba nas laterais da assadeira também. Faça furos com o garfo no fundo e leve a assadeira ao freeser por uns 5 minutos.

Retire a assadeira do freezer, coloque uma outra por cima dela e leve ao forno por 5 minutos. Retire após este tempo, remova a assadeira extra e devolva a assadeira com a massa ao forno por mais uns 5 minutos ou até que a massa doure.Retire do forno e deixe esfriar por uns 5 minutos.

Enquanto isso bata os ovos e açúcar numa batedeira até que a mixtura fique cremosa. Depois acrescente a farinha de trigo peneirada, e misture tudo com uma espátula. Derrame a mistura por cima da massa, jogue as frutas congeladas por cima.

Pegue a outra folha de massa e revista a assadeira. Pincele a massa com a clara de ovo e salpique o açúcar extra por cima. Faça um criss cross por cima da massa com a ponta da faca.

Asse por 20 minutos. Deixe esfriar na assadeira, e salpique açúcar de confeiteiro por cima antes de servir.

Inspiração: Women’s Weekly

9 Comments
  • Patricia Scarpin

    Responder

    Tina, ficamos mesmo frustradas quando algo assim acontece, mas acho que dá pra aproveitar a receita – achei as fotos lindíssimas!

  • Margarida

    Responder

    Eu adorei! E ficaram visualmentre lindos! Aqui em NY ouve-se falar em slices de pizza, de bolo, de fruta.. de tudo e eu adorei as tuas!Bj

  • Iliane

    Responder

    hummm..gostei muito..muito mesmo..bjus

  • Valentina

    Responder

    Laila querida, confesso que não ficou das mais maravilhosas.Ameixa seca, realmente tem dias em que se prefere recomeçar.Mari, já ri desta.Claúdia e Cris, que bom que uma decisão sem muito pensar, agradou e pareceu interessante.

  • Cris

    Responder

    Também gostei desta idéia de envolver o bolo e a foto ficou bem linda. Bjs!

  • Cláudia

    Responder

    Gostei de apresentar duas massas praticamente, a de um bolo envolta com a massa folhada! Muito bom!bjs

  • Mari Rezende

    Responder

    Valentina, vou pegar o embalo com a sua perseverança em relação às receitas que não dão certo e vou tentar me convencer de que o pão horroroso que fiz hoje foi uma experiência ruim que pode me ajudar a melhorar, hehehehe…Gostei da receita!Beijinhos

  • ameixa seca

    Responder

    Há dias menos bons… mas o resultado ficou bonito. Acho que o sabor também deve ter ficado muito bom 😉

  • laila

    Responder

    se td mundo que cozinhasse mostrasse esse empenho, entusiasmo e alegria em cozinhar..ah todos fariam maravilhas e tenho certeza q mesmo com esses contratempos essa torta ficou bem gostosa…bjs

Leave a Comment