pato com laranja apimentado

27 Comments

Em geral costumo ser sensata e não comer certas coisas depois das 9 da noite. Como pato, por exemplo. Mas tem dias em que fica difícil respeitar a norma que eu mesma criei. Na minha área de trabalho se costuma ter dias longos, além de ser uma área de muita pressão à nível de prazos, e também uma área muito ‘reativa’, e às vezes é difícil prever como o dia vai se desenrolar. Além do mais, trabalho em uma parte de Londres meio à leste, servida de duas linhas de metrô – Jubilee e DLR ( que na verdade é uma linha overland, e não metro) e o barco. Os ónibus que circulam por aqui não me servem pois não vão até a estação de trem que uso. A minha estação de trem é a Waterloo e a linha que mais me serve é a Jubilee line. Entretanto, não há uma semana em que não se tenha problemas com esta linha. Seja atraso, linha suspensa, problemas com sinalização, e nem sei mais o quê. Sendo assim muitas vezes chego em casa bem tarde pois tenho que buscar métodos alternativos de transporte.
E ontem foi um destes dias. A Jubilee line não estava funcionando e tive que usar o barco. Já sai do banco às 7.30. Acabei chegando em casa às 10 da noite. Ainda bem que o trajeto do barco é bem agradável, e ver Londres do rio Tamisa realmente é um ótimo desfecho para o dia – mesmo com problemas. O atracador de Waterloo é bem em baixo da London Eye, a roda gigante que foi construída na virada do século e que tem arrecadado tanto dinheiro que virou ponto turístico. O plano inicial era só para dois anos – se não me engano. Ela fica diagonalmente oposta às Casas do Parlamento e do Big Ben. Duas construções de grande beleza.
Então, mesmo chegando em casa às 10 da noite cheguei determinada a fazer a minha refeição noturna. E tinha comprado o pato para participar do evento da Simone do Chocolatria. Escolhi uma receita da Jill Dupleix em que o pato com laranja leva um lindo toque oriental. E um ardidinho também.
Caso não te agrade comida apimentada, remova as sementes da pimenta ou deixe-as de lado. O molho de pimento asiático adocicado é levemente apimentado e será suficiente para manter um pouco do toque original da receita. Este é um dos molhos adocicados mais deliciosos que já provei
– todos os ingredientes se misturam para uma alquimia perfeita. É um prato bem elegante. Além do que fica lindo na hora de servir. Só fiz meia receita e dá para 2 pessoas. O meu pato foi servido com noodles de arroz mas talvez da próxima vez o sirva com arroz branco.

Ingredientes:

  • 2-3 laranjas grandes
  • 100g açúcar
  • 1 colher sopa de gengibre picadinho
  • ½ pimenta dedo de moça fatiadinha
  • 2 anis estrelados
  • 2 paus de canela
  • 1 colher sopa de molho de pimenta asiático adocicado
  • 1 colher sopa de molho de peixe tailandês – nam pla
  • 1 colher de sopa de vinagre de vinho de arroz ou qualquer outro vinagre de vinho branco
  • 2 colheres de sopa de vinho tinto ou Porto
  • 4 peitos de pato
  • 1 colher de sopa de óleo vegetal
  • 2 cebolinhas picadas
  • Folhinhas de coentro picadinhas

Preparo:

Retire a casca das laranjas e corte-as em tiras bem fininhas. Corte as laranjas e retire o suco – será necessário 250ml.

Coloque o suco e casquinha de laranja, mais os 9 primeiros ingredientes numa panelinha, leve a fogo médio, leve à fervura, baixe a temperatura e deixe cozinhar por uns 10 minutos, mexendo de vez em quando, até atingir uma consistência meio que de melado.
Com uma faca dê uns cortes na pele do pato e salgue. Esquente o óleo e ponha os peitos de pato, com a pele para baixo. Deixe cozinhar por uns 8 minutos. Depois vire e cozinhe pelo mesmo tempo – 8 minutos. Retire e deixe descansar por pelo menos uns 3 minutos antes de servir. Corte em fatias finas e sirva com arroz ou noodles de arroz, regando com o o molho, salpicando com a cebolinha picada assim como com o coentro.

27 Comments
  • Bia Belliard

    Responder

    Querida, achei meu almoço para hj, merci ! bisous

  • Ana

    Responder

    Sabe, eu encaro muita coisa também nessas correrias diárias, mas juro que enfrentar um pato às 10 da noite e depois do trabalho, dou o prêmio pra você. Um beijo, bom domingo.

  • Valeria

    Responder

    ValentinaUma verdadeira maravilha dos deuses!!O molho então!!Beijos

  • COZINHAR COM OS ANJOS

    Responder

    Valentina é preciso ter coragem chegar a casa às 10 horas e ainda cozinhar esta delicia!!!Deve ser uma delicia.Beijinhos

  • Nani do Paulo

    Responder

    Eu ao contrário de você como qualquer coisa a noite, chego em casa da facul por volta de 23:30 e faminta, ai devoro tudo que vejo pela frente, rsEssa sua receita de pato é muito boa.Beijos

  • Andrea

    Responder

    Uma grande receita e as imagens sempre perfeitas…como sempre! Bjs!*

  • Sabrina

    Responder

    Que prato lindo. O meu molho preferido com pato é de laranja com pimenta, mas esse é cheio de condimentos e o gengibre deve dar um toque especial, adorei. Já anotei e farei em breve.Beijos

  • Flavinha

    Responder

    Nossa, Valentina, que prato lindo! De comer com os olhos, como dizem por aqui! Ver Londres do rio Tamisa deve ser ótimo, mas você é que fez o melhor desfecho para o dia! Eu não dispenso a pimenta, não! Vou seguir a receita tim-tim por tim-tim!Ah! Tem um prêmio para você lá no meu cantinho!Beijocas

  • Agdah

    Responder

    Mas é mesmo. Quando é que sai o Quem Faz o TB?

  • Agdah

    Responder

    Mas que o danado é gostoso, isso é.

  • Ana

    Responder

    Muito chique amiga!Comi pato somente uma vez em um restaurante e achei muito gostoso, bem rich. Preciso me aventurar e fazer em casa tbem!Beijos!Ana

  • edinha

    Responder

    Adorei este pato 🙂Beijinho

  • Cláudia

    Responder

    Valentina, adorei a receita. Eu tenho este molho de pimenta adocicado asiático que o L. trouxe da Malásia, é muito bom mesmo, só não sei e nunca vi o nam pla. O que poderia substituí-lo aqui? E a laranja, primerio faz o suco e depois pega outras para cortar?bjs

  • Simone Izumi

    Responder

    valentina: meu deusssss….só de imaginar o seu percurso – vulgo batalha- para chegar em sua casa ,além de sua rotina de trabalho estafante, já fiquei com a linguinha de fora e com olheiras..hahahhahahh…parabéns pelo lindo prato, pela inspiração e pelo fôlego extra para participar dos eventos!!!nota 10.bjooos

  • Téia

    Responder

    Tina, que maravilha esta receita, hem? Eu sempre me pergunto como conseguimos cozinhar mesmo depois de tanto corre-corre e compromissos. E depois eu mesma te respondo. Porque nós somos heroínas, guerreiras, animadas, ou seja M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-A-S. Agora,eu ao contrário de ti e igual a Ameixa sou comilona noturna. Imagina se ia deixar de comer uma receita linda e caprichada destas. Nem pensar, como se diz por aqui: “Nadaria de braçada”, ou seja ia comer mesmo.Você ainda se lembra destas expressões? Parabéns querida, mais uma vez arrasou.

  • ameixa seca

    Responder

    Eu sou uma gulosa nocturna. Gosto muito de comer à noite antes de deitar até (estou aqui agarrada ao saco dos amendoins e já é quase meia noite e meia). Lembro-me do London eye… infelizmente não andei nele. Fica para a próxima 😉 O prato de pato ficou muito bonito 😉

  • laila

    Responder

    Valese vc se neganasse a comer esse pato depois das nove seria mazoquismo…é maravilhoso, independente da hora!! bjs

  • Tânia Saj

    Responder

    Minha querida, não fique zangada….acredite que estou “engatinhando” e somente hoje divulguei…vc só foi mais rápida que eu…achava mesmo que eu ia esquecer de ti?? heim??Beijão!

  • Axly

    Responder

    Olá ValentinaQue bom que tanto atraso e desencontro não tirou teu ânimo para preparar esse prato lindo!Morro de vontade de experimentar pato, mas como um monte de outras coisas, achar por aqui é praticamente impossível. Mas quem sabe um dia…Lindo prato mesmo!Kisss^^

  • Natércia

    Responder

    Valentina está de comer e não parar!!!Ficou a rir para mim maravilhoso…um bjo Natércia…

  • Mari Rezende

    Responder

    Valentina, adorei esse pato! Sou uma amante da cozinha asiática e das comidinhas picantes… Essa receita com certeza vai me agradar muito!Beijinhos!

  • Iliane

    Responder

    amiga..adorei a receita11111…com certeza..tem dias que a gente é obrigado a comer mais tarde…eu sempre que posso..tento comer antes das oito horas da noite..acho que a digestão fica melhor..mas..tem dias que não dá mesmo..beijo grande..

  • Fabrícia

    Responder

    Receitinha supimpa Tina. Verdade que tem dias que não tem como jantar cedo …. Linda foto.Bjcas para ti.

  • Odete

    Responder

    Ando numa fase bem “asian”, adorei essa receita. As fotos estao um show.bjs

  • Letrícia

    Responder

    Lendo seu post, fiquei pensando… quando vamos ter um “Quem faz o Trem Bom”? 😉O pato ficou com uma aparência incrível!Beijos!

  • Valentina

    Responder

    Clarice, estava tudo pronto so esperando pelo texto.risos. que bom que voce gostou. vc tambem e rapida ..pois mal te mandei o email e ja estas aqui.

  • Akemi

    Responder

    Amiga, rápida no gatilho vc, ne? rss As fotos superaram minhas expectativas, estão apetitosas e a apresentação linda, como sempre! Bjs

Leave a Comment