Orange biscuits and orange cake/ Bolo de laranja e biscoitos de laranja

10 Comments

In English and Portuguese now. Em português e inglês agora.

kew gardens-8ENGLISH:

At this time of the year I end up with loads of citrus fruits in my kitchen. In addition to lemons and limes which can be found all year round in my house, I’ve been getting a weekly citrus box from Abel & Cole with grapefruit, blood oranges and oranges. Sometimes I  juice  them –  one of each, and get this really great sharp kick; other times I just eat the oranges and grapefruit, and really take great pleasure in eating bags of them. There are also good saladas where I pair various ingredients with a citrus kick. Not to mention the baked goods.

However, it’s not always easy to achieve a really good result in an orange or lemon cake without having to add syrup or icing to it.  Some people will favour the addition of orange extract. These two recipes are just a proof that there’s a way to be truthful to the main ingredients only by using them in their  natural form. No extracts – not that I have anything against extracts. Not at all, but it’s nice not to make use of them all the time if you have the natural ingredients at hand. One of the secrets here is the quality and quantity of the ingredients: fresh oranges free of additives or any pesticides, loads of orange zest, plus  grated ginger.

This recipe was published  a good 2 ½ years ago approximately, in the Saturday Dan Lepard column of the Guardian Newspaper. I’ve made both cake and biscuits many times before, the cake being the most popular of the two. I have once used pistachios instead of pecans, and it also works very well here. It’s great accompanied by a cup of coffee or strong tea. Sometimes I think that I bake so that I can justify my coffee and my tea. The orange flavour is really present, and a total delight. Both recipes would be great as Easter treats, and I’m certain that they would be a huge success with your family and guests. Let me know what you think of them.

kew gardens-9PORTUGUÊS:

Tem muitos cítricos na minha cozinha no momento. Compro uma caixa por semana que vem com grapefruit, laranja e laranja sanguínea.  Além disso sempre tenho limão siciliano e limão tahiti. Tenho feito bastante suco, como a fruta pura, mas também tenho usado as laranjas em saladas e bolos.  Estas duas receitas me surpreenderam há uns 2 ½ anos quando as vi e fiz pela primeira vez, e nunca as larguei de mão. Desta vez resolvi postá-las.

De todas as receitas que já fiz de bolos  e biscoitos de laranja estas são sem sombra de dúvidas as minhas favoritas. Simplesmente porque o sabor da laranja é uma realidade. Em muitas receitas o sabor da laranja é uma ilusão, uma vaga lembrança. Mas não aqui.

Dan Lepard que é o autor da receita diz que o gengibre que também vai nesta receita é o que eleva o sabor da laranja. Escolha as laranjas bem frescas, de preferência orgânicas e sem pesticidas. As raspas devem ser tiradas pouco antes de acréscimo à receita. O mesmo se diz do gengibre. Os biscoitos da receita original levam chocolate chips na massa, mas podem ser feitos sem o chocolate na massa, e às vezes ficam bons somente com uma calda de chocolate jogadas por cima. Com a Páscoa chegando estas receitas são excelentes adições à sua lista. E ficarão lindas na mesa, ou em embalagens de presente. Caso você as faça adoraria saber o que você achou delas.

kew gardens-10

The biscuits have a really crunchy texture, and if you spread melted chocolate on top they’ll resemble jaffa cakes in the flavour department.

Os biscoitos são crocantes, e se vc espalhar chocolate derretido por cima vão ficar ótimos. O sabor vai lembrar uns biscoitos ingleses chamados de jaffa cakes. Só que os jaffa cakes tem o centro macio e na6o crocante.

Ingredients:

English – for the cake

English – for the biscuits

Português – para o bolo

Português – para os biscoitos

Instructions:

English

Cake preparation:

Pre-heat the oven – 180C. Grease  a 19 cm loaf tin, line the base and flour the whole tin. Set it aside.

Get all the ingredients ready. Grate the 5 oranges and the ginger and put it all in the same bowl. Measure 150ml of orange juice taken from roughly 2 of the oranges.  Put the sugar and orange juice in a pan and heat it up at medium/low heat. As soon as the mixture gets to boiling point turn the heat off and add the butter to the pan. Leave the mixture for 10 min. During this time the butter will melt completely. Once the butter’s fully melted throw the orange rind and ginger in the mixture plus the double cream and mix it all. Once ten minutes are gone the mixture should be cool enough for you to add the eggs. Mix the eggs with the rest and then add the mixture of flour and baking powder in 3 goes. Add ⅓, mix well. Then repeat the same twice more. This way the flour can be added really well, in three batches. Get the reserved  loaf tin and pour ⅓ of the mixture in it. Then scatter ⅓ of the chopped  pecans over it, and dust it with ground cinnamon. Repeat that twice more. Then put the tin in the oven and bake it for approximately 50-55 minutes. Do the tooth pick test after 50 minutes, and if the middle is still wet, bake it for another 5 minutes. You might need to cover the top with foil at this point to avoid it from burning. When ready remove it from the oven and put it on a rack for about 10 minutes. After that time transfer the cake from the tin to the rack and let it cool completely before serving it.

Biscuit preparation:

Put the flour, salt, icing sugar, butter in pieces, ginger and orange zest in a bowl. It can be in the bowl of a food processor, or in another bowl. Rub the ingredients together with your hands until it all come together. It might take a little while, but it’s quite  relaxing. If you use the food processor, use the pulse function. Divide the dough into two parts, and roll each part into a thick sausage shape. Cover with cling film or parchment paper and put both in the fridge por 30 minutes.

Preheat the oven – 180oC. Line a baking tray with parchment paper. Take one of the dough rolls off the fridge and cut it into medium slices. Display the slices onto the baking tray with a little bit of space between each biscuit. Bake it for 13 minutes. Repeat that with the remaining dough until all biscuits are baked. It should yield around 40.

Português

Preparo do bolo:

Pre-aqueça o forno – 180oC. Pegue uma forma de bolo inglês de 19 cm de comprimento. Unte, forre o fundo com papel manteiga e polvilhe. Reserve.

Separe todos os ingredientes. Raspe as 5 laranjas e coloque suas raspas na mesma vasilha em que colocar o gengibre raspado. Você vai precisar do suco de  2 destas laranjas – meça com precisão – precisamente 150 ml. Coloque o açúcar em uma panela e jogue o suco por cima e leve a fogo médio/baixo.Dê uma leve mexida e deixe. Assim que a fervura se aproximar – pequenas bolhas vão aparecer, desligue o fogo. Você não quer que ferva pois se isto acontecer a mistura ficará muito quente. Retire a mistura do fogo e jogue os pedaços de manteiga dentro e mexa uma vez. Deixe a panela sozinha por 10 minutos, e a manteiga se derreterá no calor da mistura. Assim que a manteiga estiver derretida – isto acontecerá antes de 10 minutos, jogue as raspas de laranja, gengibre, creme de leite fresco, e mexa. Quando chegar ao fim dos 10 minutos você deve testar a temperatura. Não pode estar quente pois os ovos vão ser jogados aí – você não quer acabar com com ovos mexidos em suco de laranja. Caso a temperatura estiver ainda muito alta depois dos 10 minutos (porque vc talvez tenha deixado a mistura ferver antes de retirá-la do forno) não se desespere. Só tenha paciência e espere um pouco mais. Quando a temperatura estiver baixa jogue os ovos e usando uma colher de pau ou uma boa e firme espátula, bata bem os ovos. Depois acrescente a mistura de farinha e fermento – ambos peneirados, a esta mistura líquida. Despeje a farinha de 3 vezes pois assim fica mais fácil misturar tudo. Depois derrame a mistura em três levas: 1) derrame ⅓ da mistura, 2) salpique um pouco das pecãs por cima e polvilhe canela logo em seguida. Repita o processo duas vezes mais. Ao final dê uma leve batida na forma contra uma superfície firme e leve tudo ao forno por un 50-55 minutos. Recomendo testar a mistura com um palito após 50 minutos. Caso o centro ainda esteja levemente molhado revista tudo com papel alumínio para não queimar o topo, e deixe por mais uns 5 minutos no forno. Quando pronto retire do forno e transfira para uma grelha por uns 10 minutos dentro da forma. Após os 10 minutos retire da forma e deixe acabar de esfriar. Sirva uma vez em que estiver na temperatura ambiente.

Preparo do biscoito:

Coloque  a farinha de trigo, sal, manteiga em pedaços, raspa de laranja e gengibre, mais o açúcar em uma tigela ou no processador. Se usar a tigela, vá esfregando os ingredientes uns nos outros até atingir uma massa uniforme. Vai demorar um pouco, mas é muito prazeroso trabalhar a massa. Caso use o  processador pulse a mistura até atingir uma consistência de massa.  Divida a massa em duas partes iguais,  faça umas como que um rolo com a massa. Envolva cada parte com papel manteiga ou papel filme e leve à geladeira por uns 30 minutos.

Pre-aqueça o forno – 180oC. Forre uma assadeira com papel manteiga. Tire os rolos da geladeira um por vez, corte em fatias médias e disponhas as fatias na assadeira deixando um certo espaço sobre elas pois vão se espalhar um tiquito ao assar. Asse por 13 minutos, retire do forno, transfira para uma grelha e deixe esfriar. Repita a operação até que todos os biscoitos estejam assados. Deve render uns 40.

10 Comments
  • Rosa

    Responder

    Both look and sound divine!

    Cheers,

    Rosa

    • valentinajacome

      Thank you Rosa!!Both were very pleasurable bakes. 🙂

  • Patrícia Fialho

    Responder

    Oi Valentina!

    Fiz o bolo de laranja e amei o resultado!

    Faço aqui uma observação: não sei se o bolo é naturalmente um pouco mais seco, mas o meu ficou assim. Talvez seja a farinha que usei… Em todo caso, isso não prejudicou em nada a minha avaliação. O aroma e o sabor são perfeitos. Digo mais, é o tipo do bolo que fica melhor no dia seguinte quando o sabor do gengibre e da canela fica mais pronunciado.

    Muito obrigada pelas receitas, pela histórias e pelas fotos lindas. Esou sentindo falta das fotos que você costumava colocar da cidade…

    Um grande abraço,

    Pat

    • valentinajacome

      Pat querida, fico muito feliz de saber que gostastes do resultado. Me conta que farinha usastes no teu. Vou tentar integrar as fotos da cidade dos posts. prometo. x

      • Patrícia Fialho

        Farinha “tout usage” mesmo. Dessas comuns do supermercado… Você usa alguma farinha especial?
        Beijos

        • valentinajacome

          Ha uns anos comecei a usar white spelt flour na maior parte do tempo. mas acho que a proteína delas eh a mesma. vou ver quanto ela tem e te mando um email. É que fiquei preocupada com vc falar que ficou um pouco seco. 🙂

          • Patrícia Fialho

            Te agradeço muito pela atenção 😉

  • Renata Lampião

    Responder

    Você tem razão! Melhor deixar o açúcar fora desta receita. Vou seguí-la à risca. Obrigada, Flor.

  • Renata Lampião

    Responder

    Querida, estou enamorada por ambas as receitas. Vou me organizar para prepará-las. O biscoito pretendo fazer em duas levas. Uma com o meu super power açúcar aromatizado com raspas de laranja.Trem boníssimo, hein!

    • valentinajacome

      Vou querer muito saber o que vc achou das receitas. Agora cuidado para nao ‘overdo’ it. porque os biscoitos ficam ja com um sabor bem forte de laranja. Acho que o acucar de laranja eh desnecessario, na minha opiniao.

Leave a Reply