Madeleines com farinha sarracena

14 Comments

Na minha última viagem à França comprei uma revista que tinha um artigo com um chefe bretão chamado Olivier Bellin. Ele fala da sua paixão por farinha sarracena, um produto muito usado na Bretanha. Os crepes de farinha sarracena são especialidades famosas desta região da França – agora em maio até houve um festival de comida bretã no Rio – veja aqui, e os famosos crepes estiveram presentes no menu. Ele passa duas receitas suas feitas com esta farinha: ‘madeleines au blé noir’ (madeleines com farinha sarracena) e cremes brûllées au sarracin (creme brûlé com farinha sarracena). Assim que li o artigo já quis fazer as madeleines pois nunca havia visto receitas delas com esta farinha.

Dei uma olhada no dicionário para ver o nome em português desta farinha e também dei uma olhada na Laroursse Gastronomique pois conhecia o nome em inglês, buckwheat flour, mas não sabia nada dela. Li que este cereal é encontrado na Europa desde o século 14. O nome ‘sarraceno’que é usado em francês e italiano deve ser devido à cor mais escura dos grãos. Na rússia se usa farinha sarracena para fazer blinis – algo muito em moda por aqui.

Levei estas madeleines para o trabalho e também presenteei uma amiga francesa com elas. No trabalho confesso ter me surpreendido com qual rápido elas foram devoradas. E a minha amiga que disse não ser muito fã das madeleines normais ficou apaixonada pelas que ganhou. Também amei o sabor delas. A cor é mais escura, e tem algo como que de nozes que é causado pela manteiga queimada. Absolutamente deliciosas na minha opinião. E ótima para pessoas com intolerância a glúten pois farinha sarracena não tem glúten.Espero que façam.


Madeleines com farinha sarracena

65g de farinha sarracena

150g de açúcar de confeiteiro

35g de amêndoas moídas/farinha de amêndoas

5 claras

150g de manteiga sem sal

1 colher de chá de mel


Derreta a manteiga em fogo baixo até atingir o ponto de manteiga queimada. Caso vc não saiba como: deixe derreter até que fique bem moreninha, meio dourado escuro (primeiro ela vai borbulhar, depois apresente umas espuminhas brancas, e estas se tornarão moreninhas). Não deixe queimar. Assim que atingir o ponto ponha numa tigela e acrescente o mel. Deixe esfriar. Enquanto isso pese a farinha (sarracena e de amêndoa) e acrescente o açúcar de confeiteiro. Pegue as claras e bata levemente com um garfo, só para unir as claras. Derrame as claras na vasilha com os ingredientes secos. Misture com uma colher de pau. Quando a manteiga estiver fria derrame a mistura na vasilha onde está a farinha, açúcar e claras. Pegue um fouet e misture – na verdade você pode usar colher de pau, eu é que achei melhor usar o fouet para misturar. Mas não é para bater a mistura com o fouet. A mistura final será escura, meio gosmenta. Cubra a vasilha e leve a massa à geladeira por pelo menos 12 horas. Uma ótima medida é fazer a massa a noite e assar as madeleines pela manhã.

Pre-aqueça o forno em temperatura de 180◦C. Unte as formas de madeleines. Quando o forno estiver no ponto retire a massa da geladeira e encha as forminhas. As minhas formas são pequenas e renderam 80 madeleines. Devolva a massa na geladeira entre uma fornada e a próxima. Como você vê não há fermento na massa. O choque de temperatura é que vai fazer as madeleines crescerem. Para as formas pequenas o tempo no forno será de 8 minutos.

14 Comments
  • Pricila

    Responder

    nossa! deve ser uma delicia essas madeleines.
    mas, como eu faço pra encontrar essa farinha?
    adoraria fazer essa receita tbm.
    se vc puder me passar o nome de um lugar que venda? ficaria muito grata.

  • Maria Gabriela Rosario

    Responder

    Ola’ Valentina, moro na França com marido bretao e filhas nascidas na Bretanha. Nunca tinhamos visto essas madeleines de sarraceno. Foi um sucesso, obrigada pela ideia!

  • bia

    Responder

    lindas esta madeleines de sarrasin, quem nao iria gostar de um presentinho assim, deve ser uam delicia ! é mesmo uma farinha que se usa muito na Bretanha, e as galettes de sarrasin sao uma delicia, eu tinha traduzido numa receita como trigo mourisco, que parece ser menos usado. bjs

  • Cris

    Responder

    As minhas formas vão chegar junto com as da Cinara, mas já estou começando a pesquisar receitas! Ficaram lindinhas. Bjs!

  • Cinara

    Responder

    Que lindas, Val!!! Minhas fôrmas de madeleines estão vindo dos EUA, e vou experimentar esta sua receita com certeza… se eu encontrar a farinha sarracena, é claro! ;o) Beijinhos!

  • valentina

    Responder

    Eli, obrigada querida. Comprei este saquinho aqui. O que gostei é que o fundo é durinho.Laila, madeleines são muito gostosas. e achei esta receita particularmente delicada.Clarice amiga, pois agora ja tens uma recieta. vou postar a do creme brulee tambem.e do crepe.Luna querida, é difícil achar água de flor de laranjaeira por ai?Marina, Que legal que a receita agradou. Fico realmetne feliz.Claudia, espero que encontres.Elvira, tive uma ótima surpresa.Pat, que pena que moramos tao longe uma da outra , caso contrário teria te enviado um pacote.

  • Patricia Scarpin

    Responder

    Amiga, que mimo isso. Eu ficaria sorrindo por um mês sem parar caso recebesse algo tão delicado. Não conhecia receitas com esta farinha, ficaram lindas as suas madeleines!

  • Elvira

    Responder

    Fiquei curiosa. Logo que comprar a farinha, vou testar. 🙂

  • Cláudia A.

    Responder

    Que lindas Valentina. Nunca vi farinha sarracena para vender. Vou procurar para experimentar. Fiquei curiosa.

  • Anonymous

    Responder

    ValentinaEntrei aqui pra te dizer que fiz o bolinho de chocolate com macadamia.Ele é ÓTIMO, a textura é muito boa, e o gosto é delicioso!Obrigada pela receita!marina t.

  • lunalestrie

    Responder

    Valentina, querida, mas uma pra eu usar minhas lindas forminhas!!! Passei a semana inteira procurando água de flor de laranjeira pra fazer as tradicionais, acho que vou enveredar por outras receitas, rs. Beijos!!

  • Akemi

    Responder

    Sempre olhava para o pacote de farinha sarracena no mercado e a única coisa que vinha à cabeça para usá-lo é no macarrão sobá, agora já sei que outras utilidades terá! Adorei a sugestão! As suas madeleines ficaram muito delicadas!

  • laila

    Responder

    q lindos!!!tenho uma vontade imensa de fazer madeleines, mas faltava uma boa receita e as forminhas que não acho nunca…agora estou mais proxima de realizar o desejo…estão lindissimas! parabens! bjos

  • Eliana Scaramal

    Responder

    Val que coisa mais delicada sua embalagen! E devem estar maravilhosos!

Leave a Comment