Loaf de Milho e Queijo

6 Comments

Fui a um evento organizado pela equipe do chef Mark Hix, um chefe inglês que escreve artigos no jornal The Independent. Ele tem vários restaurantes, e promove culinária britânica com grande ênfase na sazonalidade. Conheço somente dois de seus restaurantes e recomendo o Tramshed para se ir com um grupos de amigos. Levei pequenos grupos lá no passado e sempre foi uma boa noite. E não faço propaganda do restaurante para ganhar uma refeição gratis deles. Comento por ser um lugar do qual gosto. O evento foi um jantar, uma refeição de 4 pratos, todos do seu último livro. O livro se chama Baking. e uma das coisas que gostei muito neste livro é que apesar de hoje em dia o termo baking ser associado com coisas doces – bolos, muffins, cupcakes, tortas, Hix se concentra no sentido mais geral da palavra.O verbo ‘to bake’ é usado para tudo que vai ao forno, doce ou salgado. E o livro traz receitas de todos os tipos. O menu continha  pão de milho, ostras gratinadas, tortas salgadas e suspiro de sobremesa.

Durante o jantar o chef Marx Hix conversava com o escritor culinário Tom Parker Bowles. Uma conversa leve sobre a inspiração que levou o chef a escrever sobre o livro, anedotas sobre o mundo culinário. Tom Parker Bowles é extremamente carismático, e foi o grande responsável pelo tom divertido do bate-papo. Já o tinha visto em vários programas na televisão, e vê-lo e ouví-lo ao vivo foi muito refrescante. Ele parece ser um cara bem bacana.  Agora o mais interessante mesmo foi a comida. Bem saborosa. Todos os pratos foram inspiradores. Este loaf de milho estava delicioso e me lembrou tanto o Brasil, Goiás e a abundância de milho que se tem por lá. E vai aqui um trechinho de um poema escrito por Cora Coralina, esta goiana  e poeta muito querida.

Milho…
Punhado plantado nos quintais.
Talhões fechados pelas roças.
Entremeado nas lavouras,
Baliza marcante nas divisas.
Milho verde. Milho seco.
Bem granado, cor de ouro.
Alvo. Às vezes vareia,
– espiga roxa, vermelha, salpintada

Esta é uma receita muito grande, e talvez você queira fazer só a metade; ou então faça toda e já pense com quem vai dividir. Usei a minha maior forma de bolo inglês. Até me assustei com a quantidade de massa. É uma receita ótima para um lanche rápido, acompanhada de uma salada. Se você for para um churrasco por exemplo esta será uma ótima receita para levar com você. Ou para uma visita. As pessoas sempre lembram de algo gostoso que comeram, e com esta memória vai também o nome de quem foi o grande proporcionador desta experiência. O loaf que fomos servidos no jantar tinha sem sombra de dúvidas o sabor do milho, mas não tinha pedaços de milho como o meu. Suspeito que talvez o chefe tenha usado milho batido no liquidificador primeiro. Ainda vou tentar para ver o efeito na textura. O sabor me encantou da mesma forma. A crostinha que se forma com o queijo jogado por cima é muito saborosa, queria ficar tirando pedaços, mas o pobre do loaf teria ficado todo lascadinho. Não pude fazer isso.

Delicioso loaf de milho e queijo do chef Mark His

Ingredients:

Instructions:

*a receita original pedia 100ml mas achei excessivo e só usei 4 colheres de sopa
**você pode omitir a pimenta caso não goste de comida apimentada
***se usar o seu milho congelado, descongele antes de jogar na panela
****usei ‘cornmeal’ que não é o mesmo de fubá – o fubá é bem mais fino do que o que cornmeal; se achar farinha de polenta ela pode ser usada também

*****caso você não tenha farinha de trigo com fermento use da normal e acrescente 1 1/2 colher de chá de fermento para bolo

Preparo:

Pre-aqueça o forno – 200oC. Unte e reserve uma forma de bolo  inglês grande

Esquente o óleo em uma frigideira e jogue a cebola e a pimenta picada dentro e refogue por uns 5 minutos sem deixar a cebola queimar, mexendo de vez em quando. Acrescente o milho e caso use o milho cru deixe cozinhar por uns 4 minutos, mexendo sempre. Caso use o milho já cozido deixe por menos tempo que isso pois não haverá necessidade de cozinhar o milho. Retire do fogo e deixe esfriar completamente.

Coloque o fubá e a farinha de trigo em uma tigela e misture com o fouet. Em uma tigela grande coloque os ovos, acrescente a mistura de farinhas, leite, um pouco de sal, a pimenta do reino moída e 3/4 de queijo ralado. Misture tudo bem – a mistura vai ficar grossa. Por fim acrescente a mistura com o milho – ela deve estar completamente fria.

Transfira a mistura para a forma previamente untada e salpique com as tirinhas de pimenta. Asse por 20 minutos. Após este tempo retire do forno e jogue o restante do queijo por cima. Asse por algo entre 10-15 minutos. Faça o teste do palito antes de retirar.

Deixe esfriar por uns 10 minutos antes de tirar da forma.

6 Comments
  • Maria Odete

    Responder

    Olá!
    Estou sem receber os seus posts já há alguns meses, uns 3, e pensei que poderia estar de férias, sem tempo… alguma coisa. Então hoje resolvi te procurar e fui nos mails antigos e diz página não encontrada, mas consegui achar 2 posts de novembro! O que será que aconteceu?
    Gosto tanto dos seus textos, receitas e fotos… será que tenho que me inscrever de novo?
    De qualquer maneira, fiquei feliz por lhe ver, ótima, como sempre.
    Abraços!!!

    • valentinajacome

      Querida Odete, me desculpe pois parece que está havendo um problema com a mudança dos meu blog e os assinantes. Deixe eu ver o que está acontecendo. Que bom que você veio aqui.Te mandarei um email.

  • Patricia Scarpin

    Responder

    Tina, que lindo está ficando o Trembom. Demais, mesmo. E este loaf? Que delícia! Esse livro está na minha wish list, adorei saber sobre o evento.
    xx

    • valentinajacome

      Oi Pat, amiga, ainda hoje lembro de tudo que comi de tão delicioso que estava tudo. Se vc der uma passada em uma livraria que o tenha dê uma folheada. O meu so terei em mãs em fevereiro pois vou fazer outro evento com ele e o livro sera dado para os participantes. A receita aqui peguei com minha amiga A. que comprou o livro na noite.

  • Eva Maria Botega

    Responder

    muito linda as modificações feitas, o carinho da folha de caderno foi um encanto. Parabens. Sua fala continua deliciosa de ler, e aproveito para “conhecer” novos lugares e pessoas, obrigada.

    • valentinajacome

      Oi Eva, a arrumação ainda não acabou. Acho que vou levar uma bronca por estar fazendo posts ainda.Risos. Agradeço as palavras carinhosas. Toco este blog desde 2005, e por puro gosto de dividir minhas aventuras. Ao ouvir que você gosta fico feliz. Pos me faz ver que tem valido muito a pena.

Leave a Comment