Hot Cross Buns

6 Comments

Com a proximidade da Páscoa já se encontra hot cross buns por toda parte. Bem antigamente eram conhecidos simplesmente como cross buns – pãezinhos da cruz. A tradição dizia que eles devem ser comidos na sexta feira de Páscoa pois não se podia/devia quebrar o jejum. Eram vendidos por ambulantes. Eles contêm passas/passas amarelas, especiarias como canela, noz moscada, allspice e cravos. A cruz que se faz neles pode ser feita tanto com uma mistura de farinha de trigo e água ou com massa. A cruz simboliza a crucificação

Existem também supertições que acompanham ‘estes buns’: muitos diziam que os ‘buns’ que eram assados na sexta feira santa nunca mofavam pois tinham propriedades medicinais; e era comum encontra-los pendurados como talismãs; há um pub no leste de Londres chamado The Widow’s Son ( o filho da viúva) aonde você pode encontrar aproximadamente 200 buns pendurados. Segundo a ‘lenda’ este pub foi habitado por uma viúva que na Páscoa do ano ‘X’, estava esperando o seu filho marinheiro voltar das viagens e assou um bun para ele. Quando ele não voltou ela continuou assando um bun toda sexta feira santa e guardando o mesmo. A tradição foi mantida mesmo depois dela não mais existir, e a cada ano mais um bun e acrescentado à coleção.

Os que fiz levam os ingredientes abaixo – de especiarias só leva canela:

  • 450g de farinha de trigo para pão ( você usar metade farinha integral e metade normal)
  • 50g de açúcar
  • 1 colher de chá de canela em pó
  • 1 pacote de fermento desidratado/seco***
  • 100g de frutas secas ( picadinhas – por aqui se compra já tudo junto num pacotinho )
  • 200ml de leite morno
  • 100ml água morna
  • 50g de manteiga derretida
  • 1 ovo batido

Para fazer a cruz:

  • 3 colheres de sopa de farinha de trigo comum
  • Água para misturar

Para pincelar os buns assim que ficarem prontos:

3-4 colheres de sopa de mel

São 4 etapas:

  1. misture a farinha de trigo e o sal numa tigela grande. Acrescente a canela e o açúcar. Coloque o fermento para pão e as frutas secas e dê mais uma misturada. Numa outra vasilha misture o leite morno, a água morna, a manteiga derretida e o ovo batido.
  2. acrescente a mistura do leite aos ingredientes secos e misture com as mãos ou uma faca cega. Você não quer misturar demais. Quando você tiver uma mistura homogênea vire a massa numa superfície levemente polvilhada e sove até dar o ponto – uns 10 min pelo menos.
  3. corte a massa em 12 pedaços iguais e faça bolinhas com cada pedaço. Ponha as bolinhas numa assadeira – talvez você precise de 2, e deixe bastante espaço entre elas pois vão crescer. Cubra com um pano de prato limpo e deixe num canto quentinho da cozinha até que dobre de volume – uma hora aproximadamente.
  4. Pre-aqueça o forno – 200oC. Misture os ingredientes para fazer a cruz até que fique no ponto de ser colocado sobre os pães com o auxílio de um saco de confeiteiro. Dezenhe as cruzes sobre cada pãozinho e leve ao forno para assar – entre 15-20 minutos, até que fiquem dourados. Quando prontos retire-os do forno.

Ponha o mel numa panelinha e esquente no fogo até que o mel fique bem líquido. Pincele os pãezinhos ainda quentes com o mel derretido.

Ficam muito bons tostados e servidos com manteiga.

** se você for usar fermento fresco preste atenção à equivalência; esfarele o fermento sobre o leite morno, mexa e deixe num cantinho quente por uns 5 minutos – até que espume

6 Comments
  • Eliana Scaramal

    Responder

    Val adoro saber as histórias que cercam as receitas. Os pães estão lindos! E fiquei morrendo de vontade de fazer, será que consigo?!

  • Patricia Scarpin

    Responder

    Tina, que belezura esses pãezinhos. Vou fazê-los aqui qualquer hora, certamente. Tão dourados que me dá água na boca só de olhar para a foto!Adorei a história toda que cerca a receita, muito interessante. Gosto de tradições.

  • Agdah

    Responder

    Os famosos…já ouvi falar muito deles. Tem até rima infantil sobre eles. Vou experimentar.

  • graziella

    Responder

    estao lindos!!pela primeira vez experimentei na minha última viagem evestava procurando a receita: veio a calhar!!

  • Akemi

    Responder

    Estava mesmo a estranhar sua ausência, amiga! Que bom que agora tudo se normalizou!Ahh, vejo estes pãezinhos na maioria dos livros e sempre ficava a namorar. Agora mais um motivo para preparar! Ficaram lindos!Adorei também saber da tradição dos hot cross buns e esse pub deve ser bem pitoresco!

  • Cris

    Responder

    Welcome back!!! Nunca tinha visto estes pães, ficam lindos. Bjs!

Leave a Comment