friands de ameixa

7 Comments

winkworth arboretum 2

Sou louca pelo outono, adoro passear nos parques, acordar cedo para aproveitar as manhãs que por aqui são ensolaradas. Lembro que quando remava amava esta época do ano, sair na água, respirar o ar frio. A manhã já começava bem durante a minha pedalada até a boat house, as ruas decoradas com folhas caídas, e muitas árvores ainda com folhagens de vários tons.  E estamos bem nesta estação.

A visita da Patrícia veio com o resto do verão, culminando com o começo do outono. Num dos passeios que fizemos colhemos ameixas. E umas ficaram na cesta um pouco esquecidas por uns dias. Ficaram ideais para esta receita, em que as ameixas precisam estar maleáveis. É mais uma receita inspirada pela Rose Levy Beranbaum. A forma de preparo dos friands é bem diferente das que usei no passado, pois se começa a partir das amêndoas tostadas, que acrescentam um novo elemento de sabor. Além de tudo, o produto final fica lindo. Não só visualmente, mas também no sabor.

O Trem Bom está de casa nova como vocês que já o visitam há um tempo puderam notar. Ainda não acabei de colocar tudo que quero no site. Mas queria deixar aqui um imenso obrigado às pessoas que visitam o trem bom, e que tem sido grandes incentivadoras deste site. O que você vê aqui é o que gosto de fazer, e comer. Que bom que você também divide o interesse.

Friands de Ameixas Frescas

friands de ameixa 1

friands de ameixas

Ingredientes

  • ½ xícara (45g) amêndoas fatiadas
  • 113g manteiga sem sal
  • 1 xícara (115g) açúcar de confeiteiro peneirado
  • 1/3 xícara + 2 colheres sopa (45g) de farinha de trigo peneirada
  • Pitada de sal
  • 4 ovos grandes
  • ½ colher chá extrato de baunilha
  • 2 ou 3 ameixas

Preparo:

  • Rende 6 unidades se usar forminhas de tarteletes de 8 cm.
  • Unte as forminhas e forre com papel manteiga.  Reserve. **caso você decida colocar a mistura na geladeira de um dia para o outro, só prepare as forminhas no dia em que for assá-las.
  • Pre-aqueça o forno – 175oC.

Coloque as amêndoas numa assadeira, bem espalhadinhas e asse por uns 7 minutos. Após uns 4 minutos dê uma leve sacudida na assadeira para que as amêndoas assem igualmente. Retire do forno ao final do tempo e deixe esfriar

completamente.

Coloque a manteiga numa panela pequena e leve ao fogo baixo até que derreta. Continue com ela no fogo até que a manteiga fique escura e pareça que está queimando. Retire do fogo e coe imediatamente usando um tecido tipo gaze – vai render 6 colheres de sopa. Reserve.

Ponha no processador: açúcar de confeiteiro, farinha de trigo, amêndoas e sal, e processe até ficar com uma mistura bem fina. Acrescente os ovos um por um, e vá pulsando delicadamente até que os ovos se combinem. Não pulse muito.

Depois vá acrescentando a manteiga derretida que ainda deve estar morna. Por fim acrescente a baunilha e pulse. O ideal é deixar a mistura na geladeira até o dia seguinte. Caso você não possa, deixe por pelo menos umas 2 horas para que fique ainda mais saborosa. Quando tirar a mistura da geladeira, ligue o forno em temperatura 175oC. Deixe a mistura atingir temperatura ambiente. Derrame a mistura pelas tarteletes – até aproximadamente 2/3 da forma.

Prepare as ameixas: você não quer ameixas duras, pois não conseguirá moldá-las. Caso as ameixas estejam um pouco duras você tem que colocá-las de molho em água fervendo rapidamente – por uns segundos mesmo, só para amolecer um pouco. Parta as ameixas ao meio, retire a semente e fatie cada metade. Pegue as tarteletes e comece a decorar: comece pelo exterior, usando as fatias maiores, e vá trabalhando para o centro. Quando terminar polvilhe com farinha de trigo. Asse por uns 25 minutos pelo menos. Retire do forno e deixe esfriar completamente antes de tirar da forma.

7 Comments
  • Gina

    Responder

    Tina,
    Puxa, estou chegando meio atrasada na inauguração do site… Ficou ótimo!
    A forma de colocar a ameixa na forminha fez toda a diferença na apresentação. Amei!
    Bjs.

  • Nina

    Responder

    As tartelettes ficaram uma graça com as ameixas em formato de rosácea.
    Suas fotos estão cada vez mais bonitas.
    bjo

  • Márcia

    Responder

    Amei estas tortinhas amiga!!!
    Amei a cara nova também!!!
    Amei esta casinha no meio do verde!!!
    Beijos

  • Claudia

    Responder

    Que texto lindo, e as fotos grandes ficaram simplesmente maravilhosas, falam por si só! Quem nos dera ter ameixas que parecem tão saborosas!

    bjs

  • Renata

    Responder

    Oi Tina!

    Muito obrigada pela sua resposta e pelo seu carinho de visitar meu blog, saiba que adoro mesmo esse cantinho! Aliás, o Trembom foi o primeiro blog de culinária que conheci, peguei uma receita sua do bolo Suzy do Pierre Hermé.. Acho que tudo o que você faz tem cara de ser delicioso!

    Estarei sempre por aqui!

    Beijinho!

  • Sabrina

    Responder

    Concordo com a Patrícia, o efeito ficou maravilhoso.

  • Patricia Scarpin

    Responder

    Tina, querida, estas pequenas e lindas flores têm tudo a ver com o Trem Bom. Amei o efeito desta receita e vou fazê-la aqui num futuro próximo.

Leave a Comment