Focaccia com cebolas refogadas

34 Comments

Ando com a revista de janeiro do supermercado Waitrose na bolsa há umas duas semanas, e toda oporturnidade que tenho no trem ou no metrô dou uma lidinha. Gosto de ver os highlights da estação, as contribuições dos cozinheiros, os artigos sobre destinos gastronômicos..Na verdade a revista é tão boa que as opções de leitura são imensas.

Bill Granger trouxe uma focaccia de cebolas bem simples e versátil. Fiquei encantada com a simplicidade. E como estou com um absurdo de cebolas na minha cesta resolvi que ia fazer esta receita logo. Gosto muito de focaccia, e por isso mesmo não faço mais frequentemente – falta de auto controle pois é difícil comer um pedaço só.

Esta focaccia vai super bem com uma tigela de sopa, ou com uma saladinha. Bom, também a consumo só em pedaços pequenos, com uma tacinha de vinho tinto. Como fiz ao assistir vários episódios da série dinamarquesa ‘The Killing’. Uma série fantástica que me privou do sono esta semana que passou pois eu só queria assistir a todos os 20 episodios, acompanhando as investigações do assassinato da jovem Nanna pela obstinada detetive Sara Lund e seu colega Meyer.

Embora tenha amado tanto a série como a focaccia fico feliz por ter chegado ao fim de ambas, pois excesso não é bom. Quando começo a assistir algo do que gosto muito não paro até chegar ao final. E assisti todos os episódios durante esta semana, após  voltar do trabalho.

E aqui vai a receita da focaccia

Focaccia

Ingredientes:

(focaccia)

  • 1 colher de sopa de fermento biológico
  • 600 g farinha de trigo para pão
  • 1 colher de chá de sal
  • 1 colher de sopa de açúcar
  • 100 ml de azeite de oliva
  • 300 ml água morna

(para a parte de cima)

  • Azeite de oliva**
  • 3 cebolas grandes cortadas em rodelas
  • 1 colher de chá de açúcar
  • 1 colher de sopa de vinagre balsâmico
  • 1 colher de chá de tomilho
  • Sal marinho de preferência
**reduzi a quantidade original de azeite então deixo aqui em aberto

Preparo da focaccia:

Coloque todos os ingredientes secos numa tigela e use um fouet para misturá-los. Faça um buraco no meio e coloque a mistura de óleo e água. Com a mão no formato de garra faça movimentos circulares para misturar os ingredientes. Uma vez que os ingredientes estejam incorporados transfira tudo para uma superfície levemente untada e trabalhe a massa até que fique uniforme. Se ficar seco acrescente um pouquinho mais de água. Unte uma tigela levemente com azeite de oliva, transfira a massa para a tigela e cubra com plástico PVC. Deixe descansar e crescer em um canto quentinho da cozinha por 45 minutos.

Para preparar as cebolas refogue-as com azeite de oliva até que amaciem e fiquem douradas. Acrescente o açúcar e balsâmico e refogue mais um pouco – uns 2 minutos. Retire do fogo.

Pegue a massa que já cresceu e com um punho fechado de pequenos socos para que volte ao tamanho original. Transfira a massa para a assadeira levemente untada com azeite de oliva. Com a mão fechada vá empurrando a massa para espalhá-la pela assadeira. Dependendo do tamanho da assadeira você não conseguira espalhar a massa por ela toda. A massa deve manter uma espessura razoável – jamais fina demais. Cubra a assadeira com plástico PVC e deixe descansar para crescer mais um pouco por 30 minutos.

Pre-aqueca o forno – 200oc. Após os 30 minutos retire o plástico PVC da forma, espalhe a cebola por cima, salpique as folhas de tomilho e sal por cima e termine derramando o azeite de oliva por cima em fios finos. Asse por uns 20 – 25 minutos na parte baixa do forno.

34 Comments
  • Jô Bibas

    Responder

    Não sei o que me atraiu mais, se a focaccia ou a detetive obstinada… Também sou fã de boas séries.
    E quanto à receita, acho que também vou adquirir um absurdo de cebolas e encarar de frente o meu velho temor de toda e qualquer receita que leve fermento biológico (vá entender…).
    Um beijo pra você, querida Valentina.

  • Letícia

    Responder

    Focaccia com cebolas caramelizadas é bom demais! Há algum tempo testei uma receita da Martha Stewart com elas, fica divina. Virou cobertura preferida aqui em casa 🙂

    Beijo!

  • Dolly

    Responder

    Amiga, aprovadíssima a receita. Fiz em duas assadeiras menores; a primeira com o teu recheio; para a segunda, incrementei com sugo ao manjericão, ricota cremosa e joguei as cebolas por cima..o aroma na cozinha anunciava a delícia que estava por vir. Manda mais meu bem, apesar de engordar essas dicas para o lanche da tarde são sempre bem vindas.
    beijocas Dolly

    • Trembom

      Dolly, eu é que agora amei a tua dica o sugo ao manjericão com a ricotta. Delicia pelo visto.

  • Edna Nogueira

    Responder

    Oi, Valentina 🙂

    Adoro foccacia, mas com cebola deve ser bem mais saboroso.
    O pulo do gato deve ser deixar a cebola só dourar mesmo e não torrar muito.

    Água na boca só de olhar essas fotos. (risos)

    Beijos.

    • Trembom

      Edna, a variação é bacana. Pega uma tacinha de vinho do lado e um bom papo..logo logo vai a focaccia toda

  • Rosiane Carvalho

    Responder

    Valentina, por coincidência estou cheia de cebolas em casa também, aliás é um ingrediente que adoro, como cruas na salada, em pratos ,e esta focaccia é um agradável convite para usá-las.A cebola traz muitos benefícios á saúde entrem eles baixar a pressão arterial, controlar colesterol, evitar problemas no coração,além de ser muito saborosa.
    Amei a receita ,passa no meu blog, tem torta especial da Mamãe!

    beijos e um 2012 cheio de saúde, paz e realizações!

    • Trembom

      Ah, vc sabe priorizar. Adoro uma cebola roxa na salada tambem. mas tem que ser dia em que não tem trabalho, por causa do bafo

  • Cristina

    Responder

    Muito apetitosa, as cebolas devem agregar um sabor especial!
    Difícil mesmo é ser moderada…adoro pães em geral!
    bj…

    • Trembom

      Ah Cristina, pães é a palavra mágica

  • Akemi

    Responder

    Estava curiosa em ver a receita desta foccacia desde que vc a mencionou! Imagino o sabor dessas cebolas carameladas junto com a massa, delícia!
    Bjss e uma linda semana!

    • Trembom

      Amiga, vc com suas mãos maravilhosas para pães deve fazer focaccias maravilhosas.

  • Helena

    Responder

    Já fiz um pão assim delicioso. Os planos fechados abrem o apetite 🙂
    Um bom ano!

    • Trembom

      Feliz ano novo Helena!

  • elianascaramal

    Responder

    Tina eu também não consigo me controlar quando o assunto é pão e massa em geral. Aff eu tento metalizar que preciso ter controle e tal mas amiga o trem chamado gula baixa em mim como um santo forte e poderoso e eu perco a linha. heheheh

    A sua focaccia ficou pecaminosa e essa cobertura é D+.

    Você esta cheia de novidades em, pode me escrever viu, quando sobrar um tempinho na agenda. kkkkkk

    Bjos, saudades.

    Lica

    http://www.feijaonoprato.com

    • Trembom

      Eli, saudades imensas. Dá notícias.

  • Gina

    Responder

    Essa focaccia me lembra a schiacciata (com cebola roxa), que publiquei dias atrás. Comi até dizer chega… com dizia meu pai!
    Os pães italianos de um modo geral me agradam demais e a focaccia é um dos melhores.
    Beijos e tenha um ano pra lá de especial!!

    • Trembom

      Ai Gina AMO cebola roxa. Vou olhar.

  • Renata Boechat

    Responder

    Minha amiga, enlouqueci aqui…

    Puxa, se eu não tivesse acabado de assar um pão, e talvez se as “crianças” estivessem em casa pra ajudar a dar conta do recado, seria agora…mas pode esperar, e não vai demorar, adorei!

    • Trembom

      Bom Re, se fizeres me conta. Assim como a Akemi os teus pães são ótimos.

  • Ameixinha

    Responder

    Cebolas caramelizadas são a minha perdição. Desde que as descobri que não quero outra coisa 🙂

    • Trembom

      Nem sempre consigo que as minhas fiquem boas. Dicas por favor.

  • Léia Silva

    Responder

    Querida Valentina
    Essa receita “caiu do céu”, pois adoro focaccia e não sei o que fazer com um exagero de cebolas que comprei! Empolguei na hora da compra por serem orgânicas:-)
    Essa semana farei essa delícia, depois te conto! No meu blog não tenho receita de focaccia e raras de levedados, pois tenho um bloqueio. Penso que é por medo e ignorância juntas! Falando nisso, esse fermento é o granulado (tô falando que sou ignorante – hehehe)!
    Adorei as tuas fotos.
    Bjim
    Léia

    • Trembom

      Léia, cebola é o tipo de coisa que às vezes a gente fica cheio na cesta. Olha, quebre a barreira dos levedados. As minhas não são sempre boas – ao contrário da Akemi por exemplo. MAs a barreira tem que ser quebrada. o )

      • Léia Silva

        Tina
        Já fiz a focaccia duas vezes o foi o maior sucesso!
        A barreira se quebrou o/
        Espero conseguir fazer a tradução para o italiano hoje para poder postar amanhã.
        Muito, mas muito obrigada por compartilhar essa deliciosa receita.
        Bjos
        Lèia

        • Trembom

          Querida, com te disse no email fiquei super feliz do bloquei ter sido quebrado. e o sucesso da receita ‘so me deixa ainda mais feliz.Vi lá no teu blog como a tua focaccia ficou linda, bem aerada. Deve ter ficado bem levinha.

  • Rubia

    Responder

    Valentina,
    Assisti a 1ª temporada da série (versão americana) aqui no Brasil, também não sosseguei até assistir todos os episódios. Não vejo a hora de começar a 2ª temporada, pois a primeira deixou um gosto de quero mais, assim como sua focaccia.
    Beijos,
    Rubia – Osasco/SP

    • Trembom

      Rubia, a dinamarquesa – que e a original é muito mais superior. Se fizeres a foccacia me conta.

  • Anamaria Rossi

    Responder

    Valentina, eu sou do seu time: amo focaccia mas faço raramente por total falta de controle… 🙂
    Já testei várias receitas, a próxima será esta. Depois te conto.
    Beijo.

    • Trembom

      Anamaria, ja arrumei destino pra metade desta – casa dos vizinhos.

  • Dolly

    Responder

    Nosssaaa estou salivando só em imaginar a delicia que ficou. A apresentação está perfeita e o sabor deve ter ficado dos deuses; claro vou experimentar ainda hoje.
    Obrigada por mais essa dica e Feliz 2012
    Bjs Dolly

    • Trembom

      Dolly, quando comecei a trabalhar a massa na primeira vez fiquei desconfiada. Mas me surpreendi. Bom resultado.Feliz 2012 para vc também

  • Vera Ferraz

    Responder

    Que bom aspeto! Gostei do post!

    Bom ano!

    • Trembom

      Obrigada Vera. Esta focaccia é bem gostosinha e prática. Enquanto a massa cresce a gente vai preparando a cobertura.

Leave a Comment