doughnuts assados no forno com recheio de maça e maple syrup

28 Comments

Sou muito chata com doughnuts. Não são todos que eu como. Realmente detesto estes doughnuts baratos, com ingredientes de baixa qualidade. No trabalho as pessoas costumam comprar destes doughnuts e eu simplesmente não costumo comê-lo. Quando vou a Cingapura às vezes como doughnuts lá, numa loja que os faz simplesmente deliciosos. Quando fiz um curso de pães com o Bertinett há uns 4 anos atrás, uma das massas que usamos era bem versátil, e fizemos doughnuts com ela. Mas era também frita. Hoje fiz doughnuts em casa, doughnuts assados no forno. Nada de fritura. Já havia marcado esta receita há muito tempo, mas só hoje deu certo fazê-la. A massa ficou ótima, cresce bem. Os doughnuts ficaram imensos e fofinhos. As opções de recheios são muitas – já fique pensando em preparar um de manga. É só usar a imaginação. Além do que não se tem que fritar doughnuts.

Ingredientes para os doughnuts:

  • 750g farinha de trigo
  • 140g açúcar
  • 7g fermento desidratado – um pacotinho
  • 250ml leite morno
  • 80ml coalhada
  • 2 ovos em temperatura ambiente
  • 150g manteiga derretida
  • 220g de açúcar com canela em pó
  • Maple syrup (melado de bordo) para servir

Ingredientes para o recheio de maçã:

  • 2 maças do tipo Granny Smith, descascadas e picadas
  • 125g de melado de bordo
  • 110g de açúcar
  • Suco de 1 laranja e 1 limão sicilicano
  • 2 paus de canela

Preparo dos doughnuts:

Coloque a farinha de trigo, açúcar e fermento numa tigela de batedeira  e misture usando o gancho. Numa outra tigela coloque o leite morno, a coalhada, os ovos e 30gm da manteiga derretida e bata com um fouet. Depois com a batedeira ligada em velocidade baixa, vá derramando esta mistura líquida e continue batendo por uns 4 minutos, até que a massa fique uniforme. Cubra a tigela, e ponha num ludar quentinho para crescer de tamanhao – pelo menos por 1 ½.

Para preparar o recheio

Coloque todos os ingredientes numa panela média, de forma que tudo fique bem espalhado. Cozinhe em fogo médio até que o açúcar se derreta, e continue cozinhando por uns 15 minutos ou mais. A mistura deve ficar grossa. Reserve e deixe esfriar completamente.

Voltando aos doughnuts:

Quando a massa aumentar de tamanho, divida-a em duas partes. Abra uma parte  e corte rodelas de tamanhos iguais. Divida parte do recheio entre metade das rodelas. Pincele as bordas das rodelas com água e use uma outra rodela para fechar. Una as pontas e você terá um doughnut. Repita o processo até que todas as rodelas tenham sido usadas. Espalhe os doughnuts numa assadeira, cubra e coloque num canto quentinho para crescer de tamanho. Ligue o forno – 170oC. Repita a mesma operação com o restante da massa.

Asse os doughnuts por 12 minutos. Assim que ficarem prontos pincele-os com a manteiga derretida e role cada doughnut na mistura de açúcar e canela em pó. Sirva.

28 Comments
  • Fabiana

    Responder

    Tô triste…acabei de fazer a receita, mas não deu certo! Tava aguadinha por essa foto linda…mas minha massa ficou dura, a parte dos bolinhos que encostou na fôrma ficou escura e criou casca. Tentei umas cobaias no forno elétrico, outras a gás, e deu na mesma. O único que tentei rechear como você disse abriu-se todo no forno. Tentei até fritar umas massinhas para ver se salvava…mas ficou mais pra pão ou biscoito frito mineiro. O recheio é muito bom! Tenho para mim que a farinha aqui do Brasil é muito pesada. Muitas receitas que pego em blogs de pessoas que residem no exterior acabam ficando diferentes por causa da qualidade da farinha. Paciência! Parabéns, os seus ficaram maravilhosos!

  • Renata

    Responder

    Ola Valentina.
    Eu sei q a receita eh antiga, mas tenho uma duvidazinha.
    Qdo vc diz abrir a massa, eh com rolo? Ou com a mao?
    Qto fina deveria ficar a massa?
    Obrigada, Renata

  • Silvana Nunes

    Responder

    Ô trem bão, sô !
    FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER… em http://www.silnunesprof.blogspot.com/ deseja um bom dia para você.
    Saudações Educacionais !

  • anabela martins

    Responder

    Sera que eu poderia substituir a coalhada por iogurte ou por buttermilk, aqui nao se encontra coalhada fresca para vender?Têm um aspecto delicioso, como tudo aquilo que vc posta aqui 🙂 anabela

    • valentinajacome

      Anabela, pode sim. Obrigada.

  • Tati - Panelaterapia

    Responder

    Seu blog é um encanto! Me perco nas receitas e imagens de tão bom gosto!!!
    Bom início de semana!
    Bjs

  • Renata Boechat

    Responder

    Olá minha querida amiga de tanto tempo…pensei que vc tinha acabado com o Trembom…mas que bom que agora achei de novo…foi, e continua sendo tão bom vir aqui…
    Vejo que vc continua postando as coisas com sua criatividade e capricho peculiares…que ótimo!
    Adorei os ruibarbos, pena que não os temos aqui…
    Espero que a gente não torne a desaparecer
    Um grande abraço,
    Re

    • valentinajacome

      Amiga, a vida ‘e que anda comendo o meu tempo.

  • EU MULHER

    Responder

    Adoraria conseguir fazer essas delícias aqui em casa, vou fechar os olhos e vou fazer é frito,hehehe.

    Beijão

    • valentinajacome

      A gente tem que fazer o que gosta. Espero que voce curta o resultado fina. Só não sei como esta massa fica frita.

  • Marly

    Responder

    Que bela receita, eu faço parte do time que evita as frituras o quanto pode, logo, vou levar essa receita!

    Beijinho e bom dia

    • valentinajacome

      Marly, se fizeres espero que gostes reamente.Pois eu adoro esta receita.

  • Sabrina

    Responder

    Tina, que delícia! Também sou adepta dos assados. Bjs

  • Gina

    Responder

    Já tentei fazê-los uma vez, testanto mais de uma receita, mas não gostei do resultado.
    Assados, sem dúvida, são mais saudáveis.
    Não dá pra deixar de registrar a beleza das fotos!
    Meu marido quase acabou com o chocolate fininho, com sabor de laranja…
    Bjs.

    • valentinajacome

      Gina querida, obrigada. gosto muito de mexer com fotografia. Ah, estes com sabor de laranja são uma grande paixão por estas bandas.

  • Patricia Scarpin

    Responder

    Tina, que delícia de receita – além de estarem lindos, são bem mais saudáveis do que os doughnuts fritos, né?
    Fiquei apaixonada pelas fotos!

    • valentinajacome

      Pat, bem mais saudáveis,ne?! Gosto muito desta receita. e dá para variar bem.

  • Babette

    Responder

    Que receita!
    Tb fujo dos fritos a 7 pés…. e esta é uma óptima alternativa.
    Só uma pergunta: o que é coalhada?
    babette

    • valentinajacome

      Babete, coalhada é leite fermentado por bactérias. Parece um pouco com iogurte.

  • Fabiana

    Responder

    Valentina,
    Que delicia de receita, e ainda mais assada!
    Vou anotar, testar e variar nos recheios também.
    bjs

    • valentinajacome

      Fabiana, depois conta das variadas. Sempre é legal saber.

  • Claudia Lima

    Responder

    Ficaram fantásticos!
    Eu tb dispenso as frituras e as vezes faço Sonhos Assados que ficam excelentes. Muito mais delicados que os fritos.
    Bjs 🙂

    • valentinajacome

      Claúdia, sonhos…esta é a palavra em português. menina, para mim só dá assados.

  • Téia

    Responder

    Amiga, que tentação maravilhosa, me parecem tão fofinhos. Sou louca para fazer um curso de panificação, não é o meu forte, mas eu tento. Pois eu, detesto qualquer versão de baixa qualidade de TUDO. Enquanto eu puder, vou ser exigente. Nós merecemos, né???

    • valentinajacome

      téia querida, panificação também não é o meu forte.Esta coisa da qualidade..ah sim, temos que nos tratar bem,não é?!

  • Ana Powell

    Responder

    Parabéns por um trabalho tan requintado, adorei a segunda foto x

Leave a Comment