Curry Verde Thailandês (Thai Green Curry)

10 Comments

Curry verde tailandês. Quem já acompanha as minhas peripécias há um tempo já notou que tenho uma queda por pratos com elementos da cozinha tailandesa. E este curry é algo que faço muitas vezes aqui em casa. É o mais clássico dos curries da Tailândia, e sempre se encontra nos menus dos restaurantes que servem este tipo de cozinha. É considerado dos mais simples, e sua base é o creme de coco frito com a pasta do curry. Você pode fazer a pasta em casa, mas muitas vezes só uso a pasta pronta que é encontrada em qualquer loja de produtos tailandeses, assim como em muitos supermercados. Uma característica é ser salgado e apimentado. Bem apimentado. Tradicionalmente não se usa açúcar neste curry, o elemento doce é proveniente do creme de coco. Entretanto, se uma receita usar leite de coco vai pedir um pouco de açúcar, pois o leite de coco não tem o doce do creme de coco. Ainda vou escrever sobres curries aqui. Mas não hoje.

A receita de curry verde que estou postando é uma bem prática. Se você tiver acesso aos ingredientes e gosta de experimentar pratos novos sugiro que o prepare. As ervilhas berinjela são de um tamanho maior do que as ervilhas normais e seu gosto é mais amargo. São vendidas como uvas, em ‘ramos’. Infelizmente nunca pensei em tirar foto das que tinha.

  • 450g de peito de frango picados (ou contra coxa)
  • 2 bulbos de capim limão – retire as camadas externas que são bem grossas e pique o centro que tem consistência como de um palmito só que bem fino
  • 1 ½ colheres de sopa de óleo vegetal
  • 2-3 colheres de sopa de pasta de curry verde tailandesa
  • 3 colheres de sopa de echalotes cortadas bem finas
  • 3 colheres de sopa de alhos picados grosseiramente
  • 1 colher de sopa de gengibre ou galangal (primo do gengibre) cortado bem fininho
  • 4 folhas de limão kaffir ou 2 colheres de sopa de raspas de limão em tiras
  • 1 colher de sopa de molho de peixe
  • 2 colheres de chá de açúcar
  • 1 colher de chá de sal * (não ponho, pois acho que a pasta de curry já é salgada o suficiente)
  • 225g de ervilhas berinjelas vendidas em lojas de produtos orientais (ou ervilhas normais)
  • 400ml de leite de coco
  • 3 colheres de sopa de água
  • Uma porção pequena de coentro
  • Uma porção grande de manjericão (de preferência do tailandês se você puder encontrá-lo)

O preparo é bem simples.

Corte o peito de frango em pedaços médios. Abra as janelas da sua cozinha antes de começar, pois a pasta de curry é bem forte e vai fazer você tossir muito caso não haja ventilação devido à pimenta usada. Esquente a sua wok e quando ela estiver bem quente ponha o óleo vegetal nela seguido da pasta de curry verde. Mexa sem parar por uns dois minutos. A pasta salpica muito neste processo então tenha cuidado pra não se queimar. Uso uma colher de pau de cabo bem comprido – é verdade. Jogue os pedaços de frango e mexa bem para que se revistam da pasta do curry. Acrescente o capim limão picado, os echalotes, o alho, o gengibre ou o seu primo, folhas de limão, molho de peixe, açúcar e sal, e mexa bem por um minuto. Acrescente as ervilhas e derrame o leite de coco e água. Diminua a temperatura pra fogo baixo e deixe aferventar por uns 15 minutos ou até que o frango esteja cozido. Acrescente o coentro, manjericão, dê uma mexida e sirva imediatamente com arroz branco.

10 Comments
  • valentina

    Responder

    Bia, assim que voltar a Inglaterra retomarei o projeto de curries.Pat, te aconselho a comecar a experimentar aos pouquinhos uns pratos thai.Talvez devesses comecar com uma inscurçao a um restaurante especializado.Miki, espero que esta influecia te contagie pois para mim é uma das cozinhas mais deliciosas.

  • miki w.

    Responder

    hummmm, q delícia! acho q vou ficar fã de cozinha thai de tanto ler seu blog! hehehe bjs, miki

  • Patricia

    Responder

    Amiga, no livro “Flavors” da DH ela fala da folhinha do limão kaffir, fiquei curiosa quando vi. Sou ignorante em relação a comidas orientais mas você sempre me desperta uma vontade enorme de provar tudo. 😀

  • Patricia

    Responder

    Amiga, no livro “Flavors” da DH ela fala da folhinha do limão kaffir, fiquei curiosa quando vi. Sou ignorante em relação a comidas orientais mas você sempre me desperta uma vontade enorme de provar tudo. 😀

  • Anonymous

    Responder

    prioridade maxima na minha lista ! adoro curry, e vou ficar esperando seus escritos sobre o assunto ! bjs

  • Anonymous

    Responder

    prioridade maxima na minha lista ! adoro curry, e vou ficar esperando seus escritos sobre o assunto ! bjs

  • valentina

    Responder

    Karen, o limão kaffir é típico do sudeste da Ásia – Indonésia, Cambodia, Tailandia, vietnam. Eles usam principalmente a folha nos seus pratos pois ela acrescenta um gosto bem cítrico nos pratos. A pele dele é bem cheia de ‘nos’.Um limão feio de se olhar pois a casca não é lizinha. Coloque um link aonde esta listado o ingrediente para que se possa ver fotos dele.Deveria ter feito isto quando postei. As vezes coloco uma folha junto com o arroz para cozinhar e fica aquele toque lindo cítrico.

  • valentina

    Responder

    Karen, o limão kaffir é típico do sudeste da Ásia – Indonésia, Cambodia, Tailandia, vietnam. Eles usam principalmente a folha nos seus pratos pois ela acrescenta um gosto bem cítrico nos pratos. A pele dele é bem cheia de ‘nos’.Um limão feio de se olhar pois a casca não é lizinha. Coloque um link aonde esta listado o ingrediente para que se possa ver fotos dele.Deveria ter feito isto quando postei. As vezes coloco uma folha junto com o arroz para cozinhar e fica aquele toque lindo cítrico.

  • Karen

    Responder

    Essa receita é muito interessante, o que é o limão kaffir?

  • Karen

    Responder

    Essa receita é muito interessante, o que é o limão kaffir?

Leave a Comment