Cerejas, damascos e um brinde ao simples

11 Comments

Este post ia ser um pouco diferente quanto ao texto e envolveria até um sorteio, mas depois que me tranquei do lado de fora da casa na hora do almoço no domingo  tudo mudou. Só entrei em casa às 8 e o pouco da noite graças a minha amiga Karina que tinha uma chave extra. Só que tudo que havia planejado fazer a tarde morreu na praia. Tive que improvisar para me manter ocupada enquanto a chave não chegava. Acabei indo a um moinho tombado pelo patrimônio aqui perto, no vilarejo de Shalford. Região linda. Gente, Surrey é cheia de lindos vilarejos. Mas acho que já falei disto antes. Várias vezes. Tenho uma amiga que está querendo me convencer a mudar para Essex, mas acho que não consigo ou mesmo quero sair daqui. Bom, depois do passeio ao moinho, e uma caminhada pelo campo, voltei para Guildford e comprei um hambúrguer no Gourmet Burger – fiquei petiscando  monkey nuts enquanto esperava, e levei o hamburger para comer no parque Stokes que é perto da minha casa. Então aqui estãou algumas fotos do meu dia ‘completamente’ espontâneo – melhor dizer ‘forçadamente espontâneo’.

Damascos, cerejas, framboesas, groselhas.. Recebo tantas na minha cesta que além de comer excessivamente ainda fico com um monte de fruta. E procuro fazê-las de várias formas. Neste verão fiz até damascos pochê e até assei cerejas. Você leu certo – cerejas assadas. Tanto os damascos quanto as cerejas podem ser consumida com iogurte, com sorvete, acompanhando uma boa fatia de bolo de chocolate. Brownies fica bom. As possibilidades só se limitam à imaginação

Damascos Pochêt

Ingredientes:

  • 400ml água
  • 30g açúcar
  • 1 ½ bulbos de capim limão
  • 10 damascos

Preparo: Pegue os bulbos e esmague a parte mais gordinha deles. Coloque a água, bulbos e açúcar em uma panela em fogo baixo e  aqueça até que o açúcar se dissolva. Ponha os damascos na panela e cubra com uma folha de papel manteiga e deixe cozinhar por 4-5 minutos ou até que a fruta fique levemente macia. Transfira para uma vasilha e deixe esfriar. Gosto de comer estes damascos com iogurte natural. E você?

Além dos cafloutis da vida me deparei com algo novo em um folhetinho do meu supermercado favorito. Como lhes disse anteriormente: cerejas assadas. Fiquei com o olhar transfixo ao ver  o folheto pois até então não havia visto nada do tipo. E confesso que fiz por achar que seria tão estranho e absurdo. Minha supresa foi imensa. Adorei. E quero fazer outras vezes. Talvez com variações de especiarias. Sei lá. Quero usar no sorvete, com panacotta.. e vou pensar em outras coisas.

Cerejas assadas no forno com aniz estrelado

Ingredientes: 

  • 1 bulbo de capim limão
  • 3 aniz estrelado
  • 2 colheres de sopa rasas de açúcar refinado
  • 400g cerejas
  • 100ml água

Preparo:

Pré-aqueça o forno- 2200C. Coloque o bulbo de capim limão, aniz estrelado, açúcar e água em uma panela e aqueça gentilmente, mexendo de vez em quando até que o açúcar se dissolva. Ponha as cerejas na panela e mexa para que elas sejam revestidas com a calda. Retire do fogo imediatamente e transfira para uma assadeira. Leve ao forno por uns 15 minutos.

Retire do forno e deixe esfriar antes de servir. Vai super bem com iogurte, ou pasme brownies. Como você está pensando em comê-las?

11 Comments
  • Moira

    Responder

    Eu gosto tanto de cerejas que este ano congelei algumas, acho que devem dar para experimentar a tua receita.
    Eu também tenho sempre uma chave de casa com a minha mãe, para o que der e vier, felizmente ela mora a 10 minutos de minha casa :))

    • Trembom

      Moira, que ótima idéia congelá-las. Ainda tem umas aparecendo por aqui então vou ser copiona e fazer o mesmo. Se fizeres espero que gostes. Imagino que vás lançar mao de uma forma de uso bem inusitada. Tu és assim meio maga na cozinha, não é?!

      • Moira

        Já as experimentei em clafoutis, pondo-as congeladas no pirex e vertendo a massa por cima e funciona. Para comer simples é que não podem descongelar completamente pois ficam moles. É mesmo tirar do congelador passar por água, esperar uns 10 minutos e comer assim meio crocantes do gelo.

  • Patricia Scarpin

    Responder

    Tina, o seu dia foi muito bem aproveitado, que delícia de passeio!
    Nunca tinha ouvido falar em cerejas assadas, vou guardar a receita para o final do ano e te conto quando experimentar.

    • Trembom

      Acho que no final fiquei com um domingo melhor. O dia estava lindo e ensolarado. Se tiveres oportunidade de testar recomendo Pat. Adorei. Ainda estou com umas na geladeira para o meu iogurte matinal. Adoro quando a gente usa um produto de forma nova. As vezes ‘e tao facil nos limitarmos.

  • Vanderleia

    Responder

    Oi querida, as vezes nos deparamos com imprevistos que nos levam a um dia muitas vezes melhor do que o planejado.As imagens ficaram lindas e as receitas de babar.Ter frutas variadas e em abundancia é uma benção.Adorei.Beijos e tudo de bom.

    • Trembom

      Vanderleia, voce falou bem. Certas situacoes inusitadas parecem ocorrer por razoes desconhecidas de nos mesmas. E muitas vezes com resultados surpreendentes. E caso tenha oportunidade, asse as cerejas quando na estacao. Depois me conte. Tenha um otimo resto de semana.

  • Jô Bibas

    Responder

    A arte de ficar fora de casa por falta de chave gera momentos de espontaneidade sob pressão. Valeu a pena! BJô

    • Trembom

      Jo, ‘e realmente isso. Apesar da frustracao de nao ter respeitado a minha lista de coisas a fazer, tive uma tarde boa e proveitosa.

  • Trembom

    Responder

    Mano, esta foi a segunda vez que fiz isso. Da vez anterior me custou £`160 libras para o cara vir aqui e enfiar um arame pela abertura das cartas e baixar a maçaneta com o cabide.. ameixas frescas?Não, ,nunca fiz. passa mais detalhes.

  • Greg

    Responder

    Oi Mana;
    Que coisa está de você ficar presa fora de casa, bom ao menos você pode fazer um belo passeio, as fotos estão lindas.
    Você já experimentou assar ameixas e figos? Também ficam deliciosos e podem ser utilizados na salada de folhas.
    Beijos.

Leave a Comment