Bolo de tangerina e amêndoas/ Clementine and almond cake

8 Comments

The post is in English and Portuguese, so just scroll down for the language of your preference.

clementine and almond-9

easy peeler e amendoas-5

ENGLISH

Happy New Year!   New year’s eve I wanted some good luck symbology in my celebratory meal, so I decided to make something small, but full of hope. So I came up with  this clementine & almond cake. It was a very easy choice in fact as I just love clementines, mandarins, and all their relatives. They’re my favourite fruit of all time.

The clementines are cooked whole before being processed to be added to the cake. No peeling needed. Pretty straight forward. Well, ok, you might need to remove the pips when you process them, but that’s no biggie. The whole thing is very straight forward, and you’ll have the cake in the oven in no time. The end result is a very moist cake, with a citrusy taste. You can decorate it as you please. I made sugar peels this time and previously decorated them with candied cranberries. They can be made a day in advance of whatever occasion you’re having.

 The first times I made this recipe the exact sizes of the clementines were not stated, and I had various end results. I only managed to get a consistent and desirable result once I figured out the exact weight of the clementines. Just to state the quantity leaves too much room for disaster or undesirable results.

Have a memorable new year. Chase your dreams, and use every day to take a step in that direction.

clementine and almond-3

PORTUGUÊS

Feliz Ano Novo! Na véspera do ano novo senti vontade de incluir algo que simbolizasse boa sorte na minha ceia. E acabei preparando estes bolinhos de tangerina com amêndoas. E a escolha foi relativamente fácil pois amo tangerinas, pocãs, mandarinas, bergamotas, assim como todas as suas parentes. Elas são as minhas frutas favoritas.

As tangerinas são cozidas inteiras antes de serem colocadas no processador para ficarem prontas para a massa. O mais trabalhoso talvez vá ser ter que retirar algumas sementes das tangerinas processadas. Mas isso não é realmente nada de mais. O resto do processo será bem rápido e o bolo estará no forno com bem rapidez.  O resultado final é um bolo bem húmido, com um sabor cītrico. Você pode decorar como preferir. Além das casquinhas de tangerina preparadas em uma calda de açúcar, também já usei cranberries açúcaradas.

Esta receita foi a que me deu melhor resultado, e só o consegui quando fui precisa quanto à quantidade em peso das tangerinas que usei. Na primeira vez que a fiz a textura não ficou certa apesar do sabor. Então persisti, testando várias vezes.

Tenha um 2016 memorável. E não desista de ir atrás dos seus sonhos. A cada dia tome um passo na direção deles.

clementine and almond-2clementine and almond-5

I hope you enjoy this cake if you make it. It’s a lovely treat, and very festive.

Espero que você goste destes bolinhos. Eles são muito saborosos, e tem cara e gosto de festa.

Ingredients:

Instructions:

PORTUGUÊS

Modo de preparo:

1. Coloque as tangerinas com casca e tudo em uma panela com água e leve ao fogo. Deixe ferver e cozinhe por 25 minutos, após os quais retire as tangerinas da panela e transfira para um escorredor para que esfriem. Uma vez frias, coloque no processador para transformar em polpa. Retire as sementes se tiver alguma(s). Reserve até a hora de usar.

2. Enquanto as tangerinas esfriam, faça o mis en place. E pre-aqueça o forno – 180oC. Unte 9 forminhas individuais tipo de muffin. Reserve.

3. Bata as gemas com a metade do açúcar em velocidade média até ficar com uma mistura clara  e cremosa. Depois bata as claras em neve em velocidade alta. Quando começarem a ficar com picos firmes derrame o restante do açúcar e bata por mais um pouco. Acrescente os ingredientes secos, e as tangerinas trituradas à mistura com as gemas e misture tudo delicadamente. Depois acrescente as claras batidas, começando com 1/3 da mixtura, e sendo bem delicada para encorporar as claras à mistura. Acrescente o restante, e mexa com o mesmo cuidado.

4. Divida a mistura igualmente entre as forminhas se assegurando de que somente 3/4 da forma sejam preenchidas.  Dê uma leve batida com as forminhas na superfície de trabalho para que a mistura assente. Leve ao forno por 20 minutos, e faça o testo do palito antes de retirar do forno. Caso o palito saia com mistura molhada, deixe no forno por mais uns 5 minutos, antes de testar de novo.

5. Retire as forminhas do forno e deixe que esfriem por pelo menos 5 minutos antes de desenformar. Não tente desenformar ainda quente, senão o bolo vai se partir. Transfira para uma grelha e deixe esfriar completamente antes de decorar ou servir.

Notas:

1.  Costumo untar as formas antes de mais nada (de preferência com manteiga derretida), e coloco-as na geladeira até a hora de usá-las.  Noto que os bolos sempre desenformam mais facilmente, principalmente se as formas tem detalhes nelas.

2.  É importante que as claras sejam encorporadas à mistura delicadamente, para evitar que se estourem as bolhas de ar criadas, e que vão  ser responsáveis por fazer o bolo crescer.

ENGLISH

Preparation:

1. Put the clementines in a pan with cold water and when the water boils cook them for 25 minutes. Then remove them from pan and let them cool. Once cool put them in a food processor and whizz them.

2. Whilst the clementine mixture cools off, set the mise en place, grease the tins and set them aside in the fridge  until you’re ready to use them. Pre-heat the oven to 180oC.

3. Beat the egg yolks with half the sugar until the mixture is light and creamy. Beat the egg whites separately until it starts forming stiff peaks, and then add the remaining sugar. Whisk it for a while longer. Add the dry ingredients to the egg yolk mixture, as well as the processed clementine  and mix it all carefully. Then add the egg whites, carefully  starting with 1/3 of the mixture first. Add the remaining 2/3 after that.

4. Divide the mixture equally between the baking tins, ensuring that you don’t fill in any more than 3/4 of the tin. Bake for approximately 20 minutes, and test with a toothpick before removing the cakes from the oven. If the toothpick comes out wet, leave the tins in for another 5 minutes roughly, and test again before removing it.

5. Remove the baking tins from the oven and leave them cool for at least 5 minutes before getting the cakes out. You might need to wait a bit longer than 5 if they don’t seem quite ready to come out. Otherwise, the cakes might crumble as you try to get them out. Once out of the tin leave them on a rack until completely cool before decorating/eating them.

Notes:

1. I tend to grease my pans first thing ( preferably with melted butter) and then put it in the fridge until it’s time to use it. I find it that it really helps getting the cake out of the baking tin.

2. It’s important that the egg whites are delicately incorporated into the mixture so that the air bubbles are maintained. That will make the cake rise nicely.

8 Comments
  • Élida

    Responder

    Oi Valentina, chegou a época das mexericas aqui no Brasil. Vou aproveitar e fazer o bolinho!!
    🙂 mas… tenho uma dúvida:o que é o mis en place? .

    • valentinajacome

      Oi Élida, fico feliz por vc querer fazer o bolo. Mis en place é colocar todos os ingredientes separados antes da receita. Assim vc começa e está tudo a mão. Com exceção de alguns ingredientes que talvez devam ser colocados na bancada só na hora de serem acrescentados à receitas.

  • Rosa

    Responder

    Heavenly little cakes! So tempting…

    Cheers,

    Rosa

    • valentinajacome

      Thank you Rosa!

  • Rafael Santos

    Responder

    Nunca fiz um bolo de tangerina. O seu ficou perfeito, deve ter um sabor incrível. Adorei a receita, vou me arriscar a fazer. Parabéns.
    http://www.tudonapanela.com.br

    • valentinajacome

      Oi Rafael, obrigada. vou visitar o teu blog. 🙂

  • Letícia

    Responder

    Parece delicioso (estou escrevendo com água na boca, hahahaha). Já tinha visto uma receita de bolo cítrico da Martha Stewart em que as frutas eram cozidas mas não tinha dado a menor bola. Mas a forma como você descreve os bolinhos é tão rica que eu já estou em brotoejas para comprar mexericas e provar essas belezinhas! Beijos!

    • valentinajacome

      Le, se vc fizer me fala o que achou. Achei esta expressao que vc usou tao lindinha. nao conhecia.

Leave a Reply