Bolo de Ruibarbo e Curd de Limão

8 Comments

Você não tem raiva quando lê receita de ingredientes que não encontra na sua área? Eu sim. Agora veja bem, tenho quase certeza absoluta que esta receita também ficara ótima com morangos. Quando eles estiverem na estação vou repetir a receita. Caso você não ache ruibarbos, use morangos. Ruibarbos e morangos tem características semelhantes: além da cor eles são levemente ácidicos e irresistíveis.

Este bolo foi uma ótima surpresa. A massa é excelente. Ficou boa por uns 3 dias.  Comendo este bolo me pus a imaginar uma cena de cozinha de fazenda, café fumegando, e um bom papo. Tenho uma obsessão com cozinha de fazenda e me pego de vez em quando imaginando cenas que gostaria de viver nesta cozinha de fazenda. E por mais que estas cenas sejam imaginárias, o sentimento que elas evocam foi capturado com este bolo de ruibarbo. Na minha cozinha urbana, nada imensa. Mas que é o centro da minha casa. O lugar aonde me sinto mais  tranquila.

Bolo de ruibarbo e curd de limão

Ingredientes:

Para o bolo

  • 225g manteiga em temperatura ambiente
  • 225g açúcar refinado
  • Raspa de 1 limão
  • 4 ovos médios em temperatura ambiente, levemente batidos
  • 75g de amêndoas moídas
  • 200g farinha de trigo com fermento
  • 140g ruibarbos lavados, secos e cortados em pedaços de aproximadamente 2 cm
  • 1 colher de sopa de açúcar demerara

Para a cobertura

  • 75ml creme fraiche
  • 3 colheres de sopa de curd de limão, mais um pouquinho extra

Preparo:

Pré-aqueça o forno – 180oC. Unte uma forma de 20 cm e forre o fundo com papel manteiga. Reserve.

Coloque a manteiga numa batedeira e bata para amaciá-la e deixá-la bem mais clara. Acrescente o açúcar aos poucos assim como as raspas de limão e bata mais. Ponha os ovos batidos aos poucos e bata bem entre cada adição, até notar que os ingredientes estão bem incorporados. Não se preocupe se a mistura parecer um pouco ‘encaroçada’. Isto mudará ao incorporar a farinha.  Acrescente as amêndoas moídas, mexendo com uma colher de metal. Logo em seguida ponha a farinha de trigo e com a colher de metal mexa tudo delicadamente. Po0nha metade dos ruibarbos e mexa delicadamente com a colher de metal. Transfira tudo para a forma reservada. Jogue a outra metade dos ruibarbos por cima e o açúcar demerara. Nivele o topo e leve para assar por uns 40-45 min. Faça o velho teste do palito antes de retirar o bolo do forno. Ao retirá-lo do forno deixe esfriar dentro da forma, mas sobre uma grelha. Quanto ele estiver morno transfira da forma para a grelha. Quando o bolo estiver completamente frio bata o creme fraiche e depois acrescente o curd de limão. Espalhe a mistura por cima do bolo e sirva.

8 Comments
  • ritmos

    Responder

    Ruibarbos fresquinhos já há na zona de Lisboa em Sintra, no mercadinho de frutas/legumes em Almoçageme (fdsemana) e na Quinta dos 7nomes no Banzão.
    Com eles tenho feito receitas divinais ! Boa sorte

  • Ana

    Responder

    Oh my goodness! This looks so scrumptious!

  • Saborear - Eventos e Marés

    Responder

    Quero experimentar este bolo que deve ser delicioso!!!!…. Obrigada! Sou completamente fã de ruibarbo (tanto em doces como em salgados)… Costumo também fazer uma compota de ruibarbo com morango que é óptima. Tenho uma fornecedora em Sintra especializada em produtos hortícolas diferentes dos que habitualmente encontramos no mercado, que me garante sempre os ruibarbos.

  • Luisa Alexandra

    Responder

    Que fantástico está esse bolo!
    Por aqui nunca encontrei o ruibarbo à venda, tenho imensa curiosidade com esse ingrediente.

  • Bel

    Responder

    Hum…taí uma coisa que eu queria muito provar, o ruibarbo! É raríssimo por aqui e na minha cidade, nunca vi. O bolo ficou lindo…fico imaginando o sabor!!

    • Trembom

      Bel, fique de olho nas suas viagens, e ao se deparar com ele não perca a oportunidade de provar.

  • Diogo

    Responder

    Ruibarbo…ora aí está algo que estou bem curioso. Já o vi em varias receitas, mas nunca comi. Deve ser bom. O bolo ficou perfeito! 🙂

    • Trembom

      Diogo, gosto deve rays de ruibarbo.

Leave a Comment