Bolinhos de especiarias com ruibarbo

10 Comments

 

 

 

Tivemos mais um fim de semana de sol. Frio, mas ensolarado. Amo de paixão estes dias frios e de céu azul. Acho que agora não é prematuro dizer que a primavera já virou a esquina. Depois de um inverno verdadeiramente longo uma das minhas estações favoritas chegou. A luz do dia começa a durar mais e mais, e os dias vão ficando mais longos. Culminam no dia 21 de junho, meu aniversário e o dia mais longo do ano nesta parte do mundo. No domingo fui a um dos meus lugares favoritos: o Winkworth Arboretum. Queria ver que flores já haviam florido. E só vi dafodils, amarelinhas. Infalíveis. Termômetro da primavera.

As novas frutas vão chegando, os novos legumes, as verduras. Está é uma estação de grandes promessas. Dá para notar como estou animada só de falar? Uma das coisas que mais aguardo nesta época do ano é a chegada dos ruibarbos, e eles chegam cedo. já os encontro há um mês. E vou comprando. Corro atrás de novas formas de prepará-lo. Este ano tenho até receita para uma salada com ruibarbo cru. O ruibarbo é bem azedo, de puxar os cantos da boca. Vai ser interessante degustá-lo numa salada. Tenho também mais uma nova receita para bolo. E é deliciosa. Peguei numa revista que assino, a Gourmet Traveller Australiana. O bolo fica assim moreninho, com um perfume ótimo. E o azedinho do ruibarbo por cima dá um ótimo toque. Além de uma cor diferente. Estes bolinhos duram uns três dias numa latinha ou algo semelhante. Deixe uns dois descobertos de um dia para o outro e não recomendo, pois apesar de ainda muito saborosos, eles começaram a endurecer de leve por cima. Recomendo  que estes bolinhos sejam consumidos no dia.

Ingredientes:

  • 225g manteiga sem sal em temperature ambiente
  • ¾ xícara mel
  • 3 ovos
  • 225g farinha de trigo
  • 2 colheres chá fermento
  • 2 colheres chá gengibre em pó
  • 2 colheres chá canela em pó
  • 1 colher chá cravo em pó

Compota de ruibarbo:

  • 2 talos de ruibarbo picados bem finos
  • 55gm açúcar
  • Pouquinho de água

Preparo da Compota:

Coloque o ruibarbo picadinho, açúcar e uma colher de chá de água numa panela e leve ao fogo alto até dar o ponto de fervura.Baixe o fogo, cubra a panela e deixe cozinhar por 2 minutos ou até que o ruibarbo amacie. Tire a tampa da panela e continue a cozinhar até que o líquido se reduza. Retire do fogo e deixe esfriar.

Preparo dos bolinhos:

Coloque a manteiga e mel numa tigela e bata por uns 3 minutos até que a mistura fique bem cremosa. Depois vá acrescentando os ovos um por um e batendo bem após cada adição. Os ovos têm que ficar bem incorporados à mistura.

Numa outra tigela peneire a farinha de trigo com o fermento e especiarias ou use um fouet para arear bem a mistura. Transfira para a vasilha com a mistura com manteiga e misture para combinar. Misture com cuidado, mas se assegure de que todos os ingredientes fiquem incorporados. Você não quer ficar com uma mistura com bolotas de manteiga e mel. Transfira a mistura para as forminhas e preencha cada uma até ¾ da forminha. Use uma colherzinha para colocar a mistura de ruibarbo por cima da massa – 2 colheres de chá por forminha. Asse por uns 20 minutos. Faça o teste do palito e se passar retire do fogo. Transfira as forminhas para uma grelha e deixe esfriar. Tire os bolinhos das forminhas e sirva.


10 Comments
  • Márcia Rocha

    Responder

    Minha amiga, saudades de ti e das interações rsrrs…
    As fotografias melhoram semana a semana…acho que atingiu o singular…tá tão lindo seu Blog!
    Você sabe não temos ruibarbo por aqui, mas ao olhar este bolinho fica a certeza…derrete na boca rrsrs
    Beijos!!

  • Sabrina

    Responder

    Valentina, as fotos estão maravilhosas; gostaria de poder prová-los… Sem ser pidona, mas já sendo, estou sentindo falta das receitas sem glúten; assim como vc tenho uma amiga que não pode comê-lo e muitas receitas por ai parecem coisa de regime radical… Eca! Também tenho pesquisado pães, mas acho que deve ser difícil… Bjs

  • Gina

    Responder

    Ai, Valentina, as imagens falam por si!
    Provei hoje os biscoitos com gengibre. Que espetáculo!
    Bom final de semana.

  • Renata

    Responder

    Nunca comi ruibarbo, e sou super curiosa para fazê-lo. Mas acho que já senti o gosto em uma dessas balinhas de natal, super azedinhas e com o formato da fruta.. Acho que foi o mais próximo que cheguei!

    Linda foto Tina, parabéns!!

    Bjs!

  • Téia

    Responder

    Tiiina, que bolinhos lindos e com jeito de fofinhos. Este ruibrabo está mesmo fazendo sucesso nessa cozinha. A cor fica perfeita, e eu sempre gosto de parabenizá-la pelas fotos, você arrasa. Bjka, querida.

  • Patricia Scarpin

    Responder

    Ah, querida, você voltou lá? Que saudade deu agora!
    As fotos estão lindas – que bolinhos charmosos, Tina!
    Guarde o ruibarbo para a minha próxima visita. 😉

    xx

  • Ameixinha

    Responder

    Aqui não encontro ruibardo, adoro a cor dele. Sou apaixonada pelos avermelhados 🙂 Esses bolinhos devem ficar óptimos!

  • Marly

    Responder

    Oi, Valentina,

    Eis aí outro trabalho que parece de profissional! Você tem uma ótima capacidade de escolher boas receitas, e as fotos ficaram lindas! Queria muito ter acesso ao ruibarbo, para incluí-lo em algum prato. Quando eu era criança, em casa sempre tínhamos ruibarbo em pó, que era usado como remédio para os males digestivos. Que bom que o tempo melhorou, melhorando também os ânimos.

    Beijinho e bom dia.

  • Cacahuete

    Responder

    Adoro rubarbo. E tal como voce tambem ando sempre a procura de receitas alternativas para o fazer. Esta irei fazer com certeza.

    Beijinhos

  • Babette

    Responder

    Lindos!… nunca experimentei nada com ruibarbo…será desta, prometo!
    Babette

Leave a Comment