bolinhos com frutas e calda de vinho do porto

17 Comments

Com pouquíssimas exceções nunca colho tantas frutas a chegar ao ponto de congelar meu excesso.  Tive a minha época de ler vários livros sobre a melhor forma de congelar alimentos, incluindo frutas. Mas confesso ter ficado só no mundo da teoria, nas páginas do livro de Carolyn Mumpreys ou mesmo no livro de Carol Bowen.  Passo no meu farmer’s market e compro as frutinhas já congeladas, tudo feito da forma adequada – Secrett’s Farmers Market.  As favoritas são framboesas, amoras, mirtilos e de uns anos para cá cranberries. Isso me dá o grande privilégio de poder consumir estas frutas em épocas diferentes.

É claro que a forma de consumo das frutinhas muda de estação para estação, e uma das coisas que mais faço com as congeladas nesta época é suco, um coquetel de frutas congeladas com um pouco de Iogurte natural, ou coloco em bolos por exemplo. Elas dão cor e sabor ao inverno. E por tê-las à mão  pude fazer esta receita. Uma receitinha de execução rápida, e prática. No verão já as consumo mais fresquinhas, numa salada de frutas com outras amigas frutas, com um pouco de iogurte, companheiras de panquecas.

A massa destes bolinhos é super boa, fofinha, viciante. É uma típica massa básica, um sponge cake.  E fica tão charmosa com estas frutinhas encrustradas. Eles podem ser servidos com a calda de vinho do porto, adquirindo um jeitinho mais adulto, ou com creme inglês para incluir a garotada. Neste caso o creme inglês deve ser esquentado para ser servido. No prato ambos os acompanhamentos contribuem para uma Linda apresentação. E as papilas gustativas são logo estimuladas.

bolinhos com frutas e calda de vinho do porto

Ingredientes:

  • 125g manteiga sem sal em temperature ambiente
  • 125g açúcar refinado
  • 2 ovos em temperatura ambiente
  • 125g farinha de trigo
  • 1 colher chá de fermento para bolo
  • 80ml leite em temperatura ambiente
  • 150g framboesas (pode ser congeladas)
  • 150g amoras (pode ser congeladas)
  • 150ml vinho do porto
  • 50g açúcar
  • 12 forminhas do tipo dariole – clique aqui
  • assadeira
  • papel alumínio
  • barbante

Preparo:

Unte 5 forminhas, forre o fundo com papel manteiga e reserve ( este foi o rendimento que tive). Pré-aqueça o forno -180oC.

Bata a manteiga e o açúcar até ficar com uma mistura clara e cremosa. Acrescente os ovos um por um batendo bem após cada adição. Peneire a farinha e o fermento e acrescente-os aos poucos à receita, intercalando com o leite. Mexa tudo delicadamente para incorporar os ingredientes mas também para preserver as bolhas de ar que já se criaram na massa.

Forre as forminhas com um pouco das frutas, se esforçando para manter uma camada – ao invés de entupir o fundo com trocentas frutas. Divida a massa pelas forminhas, enchendo até ¾. Cubra cada forminha com papel alumínio e amarre com um barbante. Transfira as forminhas para uma assadeira meio funda e encha metade da assadeira com água quente antes de levar ao forno. Confesso que costumo colocar a assadeira com as forminhas no forno, e só então derramo a água quente. Isto porque às vezes acho delicado mexer uma assadeira com água fervendo dentro. Asse por uns 35 minutos. Faça o teste do palito. Retire do forno e deixe esfriar.

Enquanto as forminhas estiverem esfriando coloque o restante das frutas numa panelinha, seguido do Porto e açúcar. Deixe em fogo médio/baixo até que fiquem macias.

Quando os bolinhos tiverem frios transfira-os para o prato aonde forem ser servidos. Regue cada um com a ‘calda’de frutas e porto. Ou se preferir com um pouco de creme inglês.

17 Comments
  • Cristina

    Responder

    Apaixonantes é a definição para esses bolinhos…dá vontade de correr para cozinha e prepará-los logo!
    Lindos!!
    Bj…

  • Gina

    Responder

    Tina,
    Seus bolinhos são atraentes, mas também fiquei tentada a fazer panquecas. Curioso é que gosto muito delas, mas tenho uma mania de testar novidades, que acabo deixando as panquecas de lado, injustamente…
    Boa semana!

  • Trembom

    Responder

    Obrigada Luisa.Se chegares a fazer depois me conte.

  • Luciana Betenson

    Responder

    Coisa mais linda 🙂

    • Trembom

      Lu, fica realmente com uma carinha preciosa. e o sabor matches the looks.

  • Rita

    Responder

    Que bolinhos tão lindos! O contraste de cores é mesmo apelativo. Para mim pode ser um com a caldinha de vinho do Porto. 🙂 Beijinho

    • Trembom

      Pois a caldinha é realmente muito tentadora. E irresistível.

  • Jô Bibas

    Responder

    Tenha piedade! Que vontade que me deu! Voltando a postar hoje, descobri que para parar de fazer coisas que gostamos, devíamos chamar de outra coisa, não ferias. Férias é para designar quando paramos de fazer algo que nos cansa ou aborrece, e postar não se encaixa nisso…
    BJô

    • Trembom

      Pois acho que concordo com esta definição. e irei adotar o diferenciamento daqui pra diante.

  • Ameixinha

    Responder

    Ficam super requintados e a calda de vinho do Porto deve ficar deliciosa 🙂

    • Trembom

      Faça. E me conte. ; o )

  • Patricia Scarpin

    Responder

    Tina, adoro bolos com frutas – e estes ficaram tão lindos! Bem úmidos.

    • Trembom

      A massa é bem leve.

  • Renata Boechat

    Responder

    Totalmente inglês!

    Vejo-os com uma xícara de chá ao lado, e a lareira acesa…devaneios…rsss

    Tanto a versão com a caldinha do Porto, quanto com creme me agradaram, e muito!

    e mudando da água pro vinho, você me perguntou sobre a minha filha, que esteve um ano na Suíça,estudando, mas já está de volta, ainda bem!

    e você? quando vem ao Brasil?

    • Trembom

      Amiga, vou ao ‘Brasil na Páscoa. Mas só a Brasilia pois a viagem será curta.

  • Luisa Alexandra

    Responder

    Que aspecto maravilhoso, estão perfeitos!

    • Trembom

      Obrigada Luisa.

Leave a Comment